Preso idoso que estuprou e engravidou neta de 11 anos, na Zona Norte - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Preso idoso que estuprou e engravidou neta de 11 anos, na Zona Norte

Após o primeiro crime, ocorrido em 2008, o idoso continuou cometendo os estupros contra a neta, que acabou engravidando aos 13 anos

Preso idoso que estuprou e engravidou neta de 11 anos, na Zona Norte
Fonte: AI-PCAM/ Foto: Erlon Rodrigues

A equipe de investigação do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com o apoio da 2ª Seccional Norte, cumpriu na tarde dessa quinta-feira (27), por volta das 14h45, no bairro Colônia Santo Antônio, zona Norte, mandado de prisão preventiva contra um idoso de 66 anos, pelo crime de estupro de vulnerável contra a neta de sua companheira, ocorrido em 2008, quando ela tinha 11 anos.

Leia mais: Preso homem que matou namorado da ex em Itamarati, no AM

De acordo com o delegado César Rufino, titular da unidade, no terreno da avó, tinham duas residências. Ela e o companheiro moravam em uma e a criança e sua mãe, em outra. Pelo fato das casas serem próximas, a neta sempre ia visitar a avó.

Em certa ocasião, a criança foi dormir na moradia da avó, mas a mesma havia saído para dormir na casa de um filho, deixando a neta sozinha com o homem. Naquela noite, ocorreu o primeiro estupro.

“No primeiro delito, a menina tinha 11 anos e, no decorrer dos anos, continuou sendo violentada, até que, aos 13, engravidou do seu abusador. Após o nascimento do bebê, um exame de DNA foi requisitado para confirmar a paternidade, ocasião em que a responsável pela vítima registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra ele, em 2011, após o nascimento da criança”, explicou Cesar Rufino.

O mandado de prisão contra o homem foi expedido no dia 18 de agosto de 2020, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Procedimentos

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e após os procedimentos cabíveis, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

 

 

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]