MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Rebeca Andrade brilha e se garante em três finais do Mundial de ginástica

De volta a Tóquio, Rebeca lidera a classificação no salto nas barras assimétricas, e ainda conseguiu a última vaga na trave
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 19 de outubro de 2021 – 11:30
Foto: Reprodução / Instagram

TÓQUIO, JAPÃO – Depois de pouco menos de três meses das Olimpíadas de Tóquio, Rebeca Andrade voltou ao Japão para competir nas classificatórias do Mundial de ginástica artística. A ginasta representou o Brasil e teve 100% de aproveitamento na madrugada desta terça-feira (19), e garantiu vaga nas finais em três aparelhos.

Rebeca lidera a classificação no salto (14,800 de média) e das barras assimétricas (15,100). Ela ainda conseguiu a última vaga na trave, com 13,400 pontos. “Estou muito feliz, porque treinei muito e consegui fazer tudo que me preparei. Estou muito animada para as finais”, disse Rebeca.

A brasileira decidiu não competir com o solo de Baile de Favela, aparelho em que é a atual vice-campeã olímpica. Isso porque o solo exige bastante dos joelhos, e Rebeca está com o foco nos Jogos de Paris em 2024, e decidiu se preservar para evitar lesões.

Leia mais: Neymar fica de fora do confronto da Champions após se lesionar

Saindo das Olimpíadas com uma medalha de outro e uma de prata, Rebeca Andrade busca a primeira medalha em Mundial no seu melhor aparelho, que garantiu ouro em Tóquio. No sábado (23), a ginasta disputa a final do salto, às 4h45, no horário de Brasília. A final das barras também ocorre na madrugada de sábado e no domingo (24), tenta um pódio na trave.

Na prova do salto, Rebeca conseguiu a maior nota abrindo o aparelho, mesmo tendo pisado fora da área de aterrissagem. “Meu salto foi melhor que no treino de pódio. Eu estava me sentindo melhor mesmo. Com um pouco mais de tempo, acho que consegui sentir melhor o aparelho e ter um controle melhor na hora. Consegui sentir o meu corpo. Foi muito bom”, avaliou.

Nesta terça-feira (19), é a vez dos ginastas Arthur Nory e Caio Souza disputarem as classificatórias masculinas em busca de vagas nas finais. As provas começam às 21h20 no horário de Brasília.

(*) Com informações do Globo Esporte

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap