Reino Unido identifica nove casos ligados a variante da covid-19 encontrada no Amazonas - Amazonas1
7 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Reino Unido identifica nove casos ligados a variante da covid-19 encontrada no Amazonas

Ministro da Saúde do país afirmou também que o país registrou 77 casos relacionados a variante sul-africana

Reino Unido identifica nove casos ligados a variante da covid-19 encontrada no Amazonas
Britain's Prime Minister Boris Johnson visits a warehouse at Oxford BioMedica where the Oxford/Astrazeneca Covid-19 vaccine is being manufactured in Oxford on January 18, 2021. (Photo by Heathcliff O'Malley / POOL / AFP)

O ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou neste domingo (24) que o país identificou nove casos de Covid-19 ligados a variante brasileira do vírus, além de 77 da cepa sul-africana. Todos os registros, até o momento, estão relacionados a viajantes que passaram pelos dois países.

“Todos estão sendo cuidadosamente observados, e nós aprimoramos o rastreamento da rede de contatos (desses pacientes) para fazer tudo que for possível para evitar que (as variantes) continuem a se espalhar”, disse ele durante uma entrevista à rede de televisão britânica BBC.

professor de Oxford Anthony Harnden, que lidera um comitê científico de orientação ao governo, afirmou que as novas variantes são preocupantes porque as vacinas já produzidas contra a covid-19 podem não ser efetivas contra elas. “As novas variantes são uma preocupação real. Há pistas de que ambas escapam da proteção da vacina”, explicou ele em entrevista à rede Sky News.

O Reino Unido acumula o maior número de mortes por covid-19 da Europa – são cerca de 100 mil até o momento. O governo atribuiu as altas taxas de transmissão, que o forçaram a decretar um novo lockdown, a uma variante altamente contagiosa identificada no sudeste do país.

O primeiro-ministro do país, Boris Johnson, disse na última sexta-feira, 22, que a variante inglesa pode estar relacionada ao aumento da mortalidade, apesar de os cientistas ainda estarem incertos quanto a essa questão. No último dia 14, o governo barrou a entrada de viajantes provenientes do Brasil e de outros países para evitar a chegada da nova variante.

 

*Com informações revista Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading