Secretários de David são taxados de ‘incompetentes’ na CMM

Desta vez, quem entrou na mira da CMM foi Platiny Soares; secretários da gestão David Almeida estão sendo duramente criticados na Casa
Publicado em 31/08/2021 08:00
Secretários
Foto: Reprodução

MANAUS, AM – Pela segunda semana seguida, vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) criticaram secretários da gestão de David Almeida (Avante). Desta vez, o criticado foi o subsecretário de Esportes, Platiny Soares, nessa segunda-feira (30).

Quem começou fazendo as críticas foi a vereadora Glória Carratte (PL). Segundo ela, é obrigação dos secretários estarem à disposição do povo da cidade, e que, por conta disso, ela esteve discursando para “chamar a atenção” do secretário.

“Eu ligo para o subsecretário Platiny há duas semanas, e eu não consigo obter resposta. Estou aqui pedindo, falando pelo povo da minha cidade e da minha comunidade”, disse Glória.

Leia mais: Secretários de David estão por trás de ataques, diz Rodrigo Guedes

A parlamentar ainda falou que David com certeza não sabe dos problemas enfrentados por ela e os demais vereadores para falar com os gestores, e cobrou uma atitude do prefeito. “O prefeito está todos os dias nas ruas, atende o telefone, responde as mensagens, e o lindo do secretário não atende o telefone. Deixei WhatsApp e nenhuma resposta”.

Glória ainda disse que foi eleita para trabalhar pelo povo, e que como vereadora, é uma autoridade constituída por Deus e pelo povo. A parlamentar também cobrou a intercessão do líder do prefeito na casa, Marcelo Serafim (PSB).

“Eu não estou indo pedir coisas para mim, e sim para a minha comunidade. É o mínimo que eu preciso fazer pela minha comunidade. E outra: eu já tenho 20 anos de CMM, e estou ficando velha, e não abestada. Eu conheço secretário que não quer trabalhar de longe. Vão enganar outros, mas não vou aceitar isso com o povo da minha cidade”, completou.

Quem fez coro a Glória foi o colega de longa data, Diego Afonso (PSL). Afonso disse que há incompetência e ingerência dessa secretaria, e que sempre defendeu que a pasta não fosse fundida. “A vereadora Glória foi pontual. O faro dela conhece irresponsável de longe”, afirmou.

Histórico

Platiny Soares não é o primeiro dos gestores municipais a ser criticado na casa. O primeiro foi o diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins. Na última terça-feira (24), Martins foi duramente criticado pelos vereadores Sandro Maia (DEM), Wallace Oliveira (PROS) e Capitão Carpê Andrade (Republicanos) por não responder ofícios ou atender ligações.

“Infelizmente, a gente está tendo grande dificuldade em falar com o secretário do IMMU. A gente tem problemas seríssimos na cidade de Manaus. Imagina nós, que somos vereadores, ligamos para o secretário e procuramos e ninguém encontra ele para falar, nem atender o telefone ele atende. Eu tenho um problema no [bairro] Alvorada que já causou vários acidentes e o secretário faz de conta que não existe nada, esses tipos de situações estão ficando rotineiros em Manaus. Viajar é muito bom, agora cuidar da cidade é brincadeira!”, afirmou Sandro Maia.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.