Sem escola, sem futuro: conheça a realidade de crianças empurradas para o trabalho infantil - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Sem escola, sem futuro: conheça a realidade de crianças empurradas para o trabalho infantil

70 meninos e meninas que estavam sendo explorados, que não tinham acesso às aulas remotas ou que não deram conta de conciliar estudo e trabalho

Sem escola, sem futuro: conheça a realidade de crianças empurradas para o trabalho infantil

Quando os portões das escolas se fecharam, há um ano, para proteger a população do coronavírus, as portas da miséria, da vulnerabilidade e de outras violências se escancararam para crianças e adolescentes por todo o Brasil. Excluídos do ensino remoto, muitos foram empurrados para o perigoso mundo do trabalho infantil.

Durante três meses, a equipe do projeto Lição de Casa mergulhou nesta investigação nacional. Encontramos 70 meninos e meninas que estavam sendo explorados, que não tinham acesso às aulas remotas ou que não deram conta de conciliar estudo e trabalho.

O especial Sem Recreio detalha essas histórias em um mapa com os flagrantes de todas as regiões do país, e analisa essa realidade em seis reportagens. Entrevistamos mais de 20 fontes, entre professores, conselheiros tutelares, auditores fiscais, procuradores do trabalho, pesquisadores e representantes de entidades ligadas à infância e adolescência, à educação e ao trabalho infantil.

Esta reportagem foi financiada pelo Edital de Jornalismo de Educação, uma iniciativa da Jeduca e do Itaú Social.

Acesse: semrecreio.licaodecasa.org

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]