MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Soldado morre com tiro de fuzil dentro de batalhão do Exército

O soldado Jhonatha Corrêa Pantoja, 18, ainda foi levado com vida para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na zona Centro-Sul de Manaus
• Publicado em 03 de agosto de 2020 – 19:47
O soldado Jhonatha morreu no HPS 28 de Agosto (Foto: Reprodução)

O soldado Jhonatha Corrêa Pantoja, 18, do Exército Brasileiro (EB), morreu, na madrugada desta segunda-feira, 3, após ser atingido com um tiro de fuzil dentro do 7º Batalhão de Polícia do Exército. O fato aconteceu por volta das 3h, na avenida São Jorge, no bairro de mesmo nome, na zona Oeste de Manaus.

À polícia, o coronel Boeri, comandante do 7º BPE, informou que o soldado do “Efetivo Variável” estava de plantão e fazia a segurança do quartel no momento do crime. Outros militares da corporação ouviram o disparo e encontraram Jhonatha agonizando.

O militar foi levado de ambulância para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na zona Centro-Sul, onde morreu por volta das 3h30. O corpo foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML).

Leia mais: Soldado do Exército Brasileiro morre durante tiroteio contra traficantes

Em nota, o Comando Militar da Amazônia (CMA), informou que o soldado Jhonatha Corrêa Pantoja, do 7º BPE, encontrava-se de serviço no aquartelamento, quando foi vítima de disparo de arma de fogo. Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi aberto para identificar as causas e as condicionantes do episódio.

O CMA reforça que está prestando todo o apoio necessário aos familiares e lamenta o fato ocorrido e se solidariza com a família neste momento de luto.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap