MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Transporte público e segurança: por que centenas de pessoas são assaltadas nos ônibus de Manaus?

Mais de 900 ônibus operam na cidade de Manaus. Milhares de pessoas fazem uso do transporte público e a insegurança domina os usuários
• Publicado em 01 de maio de 2021 – 16:30
Insegurança no transporte público
Os coletivos são alvos constantes de assaltantes - Foto: Antônio Mendes

MANAUS, AM – Segundo o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu), mais de 900 ônibus operam na cidade de Manaus. Apenas em janeiro de 2021, mais de 140 assaltos foram registrados nos coletivos da cidade. Mesmo com o quadro pandêmico, aqueles que necessitam do transporte coletivo sofrem com a insegurança.

O Portal Amazonas 1 conversou com usuários do transporte público, com as forças de segurança e, também, com a  Secretaria de Segurança Pública. A princípio, para saber por que a insegurança vem dominando os ônibus de Manaus. Em um dos casos analisados pela equipe de reportagem, um jovem de 16 anos, que preferiu não se identificar, sofreu uma facada durante um assalto na parada próximo à escola.

Leia mais: Três jovens são presos com armas caseiras dentro de ônibus em Manaus

“Traumatizante, o cara ficou quase 5 minutos ao meu lado, ameaçando, eu não tinha nada pra [sic]  dar, então ele me esfaqueou na cintura”, afirmou o adolescente.

Em 2021, mais de 200 assaltos foram registrados – o que faz muitos terem medo de utilizar o transporte.

Assalto em transporte público
Foto Antônio Mendes

O Amazonas 1  fez uma enquete no Instagram e perguntou dos internautas sobre como eles se sentiam dentro dos ônibus em Manaus. A maioria disse que não se sentia tranquila por medo de constantes assaltos. “Não me sinto segura, raramente são feitas vistorias pela polícia”, disse uma internauta.

“Com medo de ser assaltada e sequestrada”, relatou outra moça.

Enquete sobre segurança no transporte público
Respostas dos internautas sobre a segurança nos ônibus

Ações das Forças de Segurança exclusivas para o transporte público

O Portal AM1 solicitou um parecer da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) a respeito das ações realizadas pela polícia para prevenir as ocorrências. Em nota exclusiva enviada à redação, a a SSP informou que determinou o reforço da Operação Catraca para operações de interceptação em ônibus do transporte coletivo para coibir os crimes. Em 2020, as ocorrências nos ônibus apresentaram redução de 7,5% na comparação com 2019.

A SSP também possui um aplicativo, o Aviso Polícia, que é destinado ao cidadão e funciona como uma espécie de ”botão do pânico” para acionamento da polícia em situações emergenciais. A Secretaria de Segurança pede que os cidadãos registrem boletins de ocorrência para que seja possível cobrar os Dips das áreas onde os crimes ocorrem.

ônibus polícia

”É preciso salientar que o reforço de segurança dentro de terminais de ônibus é uma responsabilidade da Prefeitura de Manaus, o que pode ser feito com a Guarda Municipal”,  concluiu a nota enviada.

A equipe de reportagem acompanhou uma ação da Operação Catraca- revista e orientações de segurança que fazem parte do procedimento adotado. Sobretudo, muitas pessoas afirmam que, ainda assim, não se sentem seguras.

No dia 18 de abril, dois indivíduos assaltaram um ônibus em uma das principais avenidas de Manaus. Logo em seguida,  a polícia dominou a situação, a negociação foi feita e os infratores se entregaram. Com os infratores, uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira foi apreendida.

Semelhantemente, no dia 27, uma escopeta cano curto de fabricação caseira foi encontrada na posse de três jovens durante a Operação Catraca. Do mesmo modo que nos ônibus, os terminais também sofrem com um alto índice de assaltos e violência.

Sobre a ação da Guarda Municipal na segurança dos transportes públicos

Em nota exclusiva, a Casa Militar, responsável pela Guarda Civil Municipal, afirmou que há um efetivo de guardas municipais nos terminais rodoviários urbanos. E que está nos planos o armamento da guarda civil para garantir ainda mais a segurança. O prefeito David Almeida tem como frente conseguir o armamento na Guarda Municipal em Manaus, em sua última visita a Brasília, ele afirmou buscar soluções para essa problemática.

transporte público
Foto: Clóvis Miranda

“Das capitais brasileiras, só Manaus e mais três cidades – são quatro cidades – que não utilizam o armamento na guarda municipal. Nós não podemos mais nos omitir em relação a isso”, afirmou David Almeida. Os usuários do transporte público, em sua maioria, são a favor que a guarda seja armada e simultaneamente treinada para tais operações.

Traumas e revoltas do transporte público 

ônibus

Hítalo Kleto, 27, passou momento de terror, quando em seu retorno do trabalho, o ônibus em que o editor de vídeo estava foi tomado de assalto.

“É frustrante saber que nós trabalhamos muito para conseguir nossas coisas e vir vagabundo [sic] para tirar isso da gente, não dá mais para viver assim!”, afirmou Hítalo.

O quadro de violência nos ônibus de Manaus está em estado crítico, e, mesmo com a pandemia, o número de ocorrências aumentam. As autoridades buscam melhorias nas políticas de segurança pública, ao mesmo tempo, os usuários pedem para que tais políticas sejam implementadas logo.

O número de ocorrências são registrados, em contrapartida, o trauma, medo e insegurança dos passageiros não pode ser mensurado.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap