MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Wilson Lima e ministro da Infraestrutura conversam sobre licenciamento da BR-319

As audiências públicas, parte do processo para a licença, ocorrem até o próximo dia 1° de outubro
Dar redação – AM1*
• Publicado em 30 de setembro de 2021 – 08:41
Foto_Diego Peres_Secom

Silves, AM – O governador Wilson Lima e o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, conversaram sobre os avanços no processo de licenciamento da pavimentação do trecho do meio da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho (RO). As audiências públicas, parte desse processo, ocorrem até dia 1° de outubro.

Governador e ministro se encontraram durante inauguração de uma usina termoelétrica em Boa Vista (RR), empreendimento que usa o gás natural produzido no Amazonas, no município de Silves.

No discurso, Tarcísio destacou a relevância da rodovia para interligar os estados da região Norte. “Estamos nessa semana fazendo eventos muito importantes. Nós estamos fazendo as audiências públicas para a pavimentação da BR-319 que liga Manaus a Porto Velho e nós estamos caminhando a passos largos para o licenciamento ambiental”, frisou.

Parte do processo para obter o licenciamento, as audiências públicas são o momento em que a população interessada tem a oportunidade de conhecer o empreendimento e apresentar as dúvidas e opiniões sobre o projeto.

Os encontros começaram na última segunda-feira (27) e seguem até esta sexta-feira (1). São quatro audiências públicas presenciais e outras quatro virtuais.

Leia mais: BR-319: OAB quer volta de audiências públicas sobre estudo de impacto ambiental

Nesta quarta-feira ocorre a audiência presencial no município de Manicoré e a virtual na cidade de Tapauá, no interior do Amazonas. Na sexta-feira haverá a reunião virtual do município de Canutama e a presencial na cidade de Humaitá. No estado, Manaus, Borba, Beruri e Carreiro já receberam as audiências.

“O Estado do Amazonas tem se colocado à disposição através da nossa Secretaria de Infraestrutura, através do Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas) com as licenças para algumas operações ali no entorno da rodovia. E estamos também dando apoio nas audiências públicas, que estão sendo realizadas e que são condicionantes para a efetiva emissão dessa licença”, disse o governador.

(*) Com informações da assessoria

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap