MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Alvo do MP por locação de imóvel, Beto D’Ângelo aluga casa de parente de sua vice

Na semana passada, o aluguel do imóvel onde funciona o Conselho Tutelar no município virou alvo de denúncia no MP por suspeita de superfaturamento
Dar redação – AM1*
• Publicado em 27 de setembro de 2021 – 18:00
Foto: reprodução Instagram

MANACAPURU, AM – Mesmo sob investigação no Ministério Público do Amazonas (MP-AM) por irregularidades em locação de imóvel em Manacapuru, o prefeito Beto D’Ângelo (Republicanos) resolveu pagar com dispensa de licitação para alugar uma residência, que, supostamente, pertence ao irmão de sua vice, Valcileia Flores Maciel (MDB).

Na semana passada, o aluguel do imóvel onde funciona o Conselho Tutelar no município virou alvo de denúncia no MP por indícios de superfaturamento. Ao todo, o contrato vai custar mais de R$ 86 mil aos cofres públicos. A suspeita é de que o valor é superior ao dos imóveis com as mesmas características disponíveis no mercado local. 

A investigação envolve o extrato do 4º Termo do Aditivo ao Contrato nº 069/2017, assinado em janeiro deste ano entre a prefeitura e o locatário do imóvel, identificado como José Façanha de Sá. A prorrogação tem vigência de 12 meses, a contar de 12 de janeiro de 2021.

A casa alugada fica localizada na rodovia Manuel Urbano s/nº, bairro Terra Preta, oriundo do Processo Administrativo nº 2019/06676-00 – PMM, com valor global de R$ 86.400,00 (oitenta e seis mil e quatrocentos reais). Por mês, a Prefeitura de Manacapuru vai pagar R$ 7,2 mil pelo imóvel. Para o MP, existe indício de sobrepreço no valor.

Leia mais: Beto D’Ângelo paga à Construtora do Norte mais de R$ 1 mi para erguer escola com quatro salas de aula

Além de instaurar um procedimento preparatório para apurar possíveis irregularidades no contrato de locação, a promotora determinou que o prefeito Beto D’Ângelo explicasse, no prazo de 10 dias, o processo licitatório que deu origem à contratação, as notas de empenho e os pagamentos efetuados até agora.

Parentesco

Ao que tudo indica, a investigação no MP não impediu que Beto D’Ângelo assinasse contrato de aluguel com Francival Flores Maciel, que seria irmão da vice-prefeita, Valcileia Flores Maciel. O extrato do acordo nº 047/2021 foi assinado em agosto deste ano e, posteriormente, publicado no Diário Oficial dos Municípios.

Segundo o documento, o imóvel que fica localizado na rua Ezanor Ataide, nº 71, no bairro São José, em Manacapuru, custará a quantia total de R$ 36 mil e será usado para locação do Hospital Geral de Manacapuru, administrado pela Secretaria Municipal e Saúde (Semsa).

Embora a locação da residência custe cerca de R$ 3 mil por mês, ao longo de um ano, chama atenção o fato de a contratação ter sido feita com dispensa de licitação em favor de um suposto parente da vice-prefeita, Valcileia Maciel.

O Portal AM1 buscou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Manacapuru pelo contato 981xx -xx53 para questionar sobre a investigação no MP e a denúncia sobre a nova contratação envolvendo o possível irmão da vice-prefeita do município. Todavia, não houve retorno até a publicação desta matéria; espaço segue aberto.

A reportagem fez buscas nas redes sociais e identificou que os perfis de Valcileia Maciel e Francival Maciel já realizaram postagens em datas distintas, onde prestaram homenagem as mesmas pessoas, identificadas como sendo os pais.

Veja publicações:

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap