Amazonas contará com mais cinco usinas independentes de oxigênio - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Amazonas contará com mais cinco usinas independentes de oxigênio

O material foi doado pelo Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, e será utilizado no suporte assistencial, em unidades de saúde do interior

Amazonas contará com mais cinco usinas independentes de oxigênio
Foto: Rodrigo Santos/Secom

O Governo do Amazonas recebe, nesta quarta-feira (20), cinco usinas independentes para a produção de oxigênio líquido, doadas pelo Hospital Sírio Libanês, de São Paulo. O material será utilizado no suporte assistencial, em unidades de saúde do interior, como parte das ações de enfrentamento da pandemia da covid-19.

Leia mais: Amazonas recebe sete usinas de oxigênio requisitadas pelo governo federal

Segundo o secretário de Estado da Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, os municípios beneficiados com a ação serão: Eirunepé, Manacapuru, Lábrea, Tabatinga e Carauari.

O material sairá do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, com destino a Manaus ainda na noite desta terça-feira (19). Cada usina tem capacidade para produzir 26 m³/hora. O reforço ajudará a suprir a escassez de O2, ocasionado pelo aumento no número de hospitalizações na rede pública estadual de saúde e da oferta de leitos.

Além delas, outras sete usinas independentes foram doadas pelo Ministério da Saúde (MS) e já estão no Estado. Elas entrarão como suporte em unidades de média e alta complexidade da capital.

As capacidades de produção variam entre 13 e 22 m³/hora. Duas delas estão sendo instaladas no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona Norte de Manaus, unidade de referência no tratamento da Covid-19.

(*) Com informações da assessoria 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]