Hospitais Platão Araújo e João Lúcio recebem R$ 500 mil em doações de EPIs
30 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  30oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Hospitais Platão Araújo e João Lúcio recebem R$ 500 mil em doações de EPIs

Platão Araújo e João Lúcio são as unidades referência para atendimento “porta aberta” para pacientes com suspeita de covid-19.

Hospitais Platão Araújo e João Lúcio recebem R$ 500 mil em doações de EPIs

Os Hospitais e Prontos-Socorros Platão Araújo e João Lucio, localizados na Zona Leste de Manaus, receberam, nesta sexta-feira, 12, cerca de R$ 500 mil em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), doados pela Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn – Seção Amazonas) através de uma parceria com o Grupo RD, responsável por duas redes de drogarias que atuam na capital.

Com a quantia de R$ 449.997 doados pelo Grupo RD – que administra as farmácias Droga Raia e Drogasil – a ABEn adquiriu cinco mil conjuntos de proteção facial com viseira e 10 mil kits de proteção descartável tipo avental manga longa, além de capuz e bota. Os materiais foram divididos igualmente para as duas unidades.

“Nunca é demais todas as doações que estamos recebendo, mesmo porque não só as doações estão sendo utilizadas pela equipe de enfermagem, como também todos os profissionais de saúde do Hospital Platão Araújo. O pessoal administrativo, os médicos, enfermeiros, bioquímicos, farmacêuticos, todos do Hospital Platão Araújo estão utilizando os EPIs que são doados, os assistentes sociais, então nunca é demais. Cada vez que recebemos é muito bem-vindo, até para nossa própria segurança também está sendo utilizado”, afirmou o diretor do HPS Platão Araújo, Márcio Rodrigues.

A doação foi articulada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e é uma iniciativa da ABEn em parceria com o Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil. A ação foi colocada em prática após a doação da quantia em dinheiro feita pelo Grupo RD. Os dois hospitais escolhidos foram os HPSs Platão Araújo e João Lúcio, ambos com atendimento “porta aberta” para pacientes com suspeita de Covid-19.

“Etendemos que a zona leste, por ser a mais populosa da cidade, junto com a zona norte, precisava de uma priorização do ponto de vista da alocação desses recursos. Então nós entendemos que esse seria um critério para priorizar essas unidades, pelo volume de atendimento, pela capacidade instalada e pela necessidade dos trabalhadores em prover as condições de proteção individual aqui na zona leste.”

Boa ação – A ação faz parte da campanha “Todo Cuidado Conta”, do Grupo RD para promover a saúde diante da pandemia do novo coronavírus. Ao todo, a ação já destinou R$ 25 milhões para hospitais de todo o Brasil.

“É uma campanha única, exclusiva, acontece em todo o país, atua em três frentes que cuida dos nossos funcionários, dos nossos clientes e cuida da sociedade em que a gente atua. Esse material [doado], além de ajudar de imediato as pessoas no combate à Covid, que sirva também de suporte depois que a pandemia passar, e a sociedade continue usufruindo desses benefícios”, afirmou o gerente regional do Grupo RD, Alfredo Forchetto Neto.

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading