MP desmente que teria autorizado pesca esportiva no Rio Abacaxi - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

26 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

MP desmente que teria autorizado pesca esportiva no Rio Abacaxi

Em nota, o órgão informa que tomou conhecimento dos fatos que resultaram em confronto entre policiais e moradores da comunidade e que resultou na morte de pm's. O MP desmente qualquer autorização de pesca na região

MP desmente que teria autorizado pesca esportiva no Rio Abacaxi

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), resolveu esclarecer através de nota, informações de que teria autorizada pesca esportiva no Rio Abacaxi. No último dia 28, no município de Nova Olinda ocorreu um confronto entre pescadores esportivos e dois moradores da região conhecidos por Maria e Bacural.

Leia mais em SSP diz que há milícia traficando drogas na região do rio Abacaxis

Os dois alegaram que eram líderes da comunidade e que tinham a autorização para a prática da pesca esportiva na região, essa havia sido dada por “um homem identificado apenas como “Juliano”, além do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e do Ministério Público do Estado (MPE-AM)“.

O MP estadual amazonense desmente veementemente essa versão e acrescenta que não participou de nenhuma reunião para tratar de plano de utilização dos Projetos de Assentamento Extrativista (PAEs) Abacaxis I e II, posto que não possui atribuição para tanto.

Em nota, o órgão explica ainda, que tomou conhecimento dos fatos que resultaram em confronto entre policiais e moradores da comunidade e que resultou na morte de pm’s.

Portanto, foi deslocada para a Comarca uma equipe do GAECO, que iniciou um trabalho de inteligência sobre os fatos ocorridos no PAE Abacaxis. A Instituição reafirma seu compromisso com os interesses públicos e sociais e a salvaguarda de direitos constitucionalmente consagrados.

Com informações MP-AM

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading