A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

8 de abril de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Sem enfermeiros, Fundação Adriano Jorge suspende cirurgias por três dias no AM

Desde às 16h de segunda-feira houve redução nos leitos para internação e o remanejamento de profissionais de enfermagem entre os setores do Adriano Jorge.

Sem enfermeiros, Fundação Adriano Jorge suspende cirurgias por três dias no AM

A Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), referência no Amazonas nas áreas de ortopedia, traumatologia e reabilitação, cancelou pelas próximas 72h os procedimentos agendados no Centro Cirúrgico do hospital. Em documento assinado pelo diretor de assistência médica, Dr. Diego Monteiro Carvalho, a razão apresentada é a “instabilidade  do fornecimento de serviços terceirizados de enfermagem” que pode apresentar “riscos à assistência adequada no pré, trans e pós-operatório”.

O memorando nº 275/2019 alerta que desde às 16h de segunda-feira, 02, houve redução nos leitos para internação e o remanejamento de profissionais de enfermagem entre os setores do Adriano Jorge. Diego Monteiro Carvalho afirma que na reavaliação da situação na manhã desta terça-feira, 03, constatou que houve o “agravamento do quadro”.

O Governo do Amazonas vem travando uma briga nos últimos dois meses com as empresas prestadoras de serviços terceirizados nas unidades da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) em Manaus. Sob ameaça de novas paralisações o governo liberou na última sexta-feira, 29, mais de R$ 8,4 milhões para o pagamento direto dos terceirizados, sem passar pelas empresas.

“Em reavaliação na manhã de 03/12/2019, constatado o agravamento do quadro, sinalizado pela Gerência de Enfermagem, Gerência  de Centro Cirúrgico, Chefia de Anestesiologia e Núcleo de Segurança do Paciente, optou-se por: SUSPENDER das atividades cirúrgicas no Centro Cirúrgico do FHAJ, excetuando-se as urgências, pelo prazo de 72h, até 9h de 06/12/2019, estando também suspensas as internações eletivas até nova reavaliação por parte desta Diretoria”, afirma Dr. Diego Monteiro Carvalho no memorando enviado aos setores. 

Veja o documento abaixo.

Procurada pela reportagem a assessoria da Susam não respondeu aos questionamentos apresentados:

– Qual a posição da Susam?
– As cirurgias foram canceladas de fato?
– Quantas cirurgias estavam previstas para as próximas 72h e que serão paralisadas?
– O pagamento dos técnicos terceirizados das unidades da capital não foi regularizado semana passada?
– Quais pagamentos ainda estão pendentes?
– Qual o valor restante a ser pago?
– As cirurgias previstas no FHAJ que foram canceladas serão remanejadas para outros hospitais da rede pública?
– Se sim, quais outros hospitais estão aptos a atender?

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias