TCE-AM terá acesso integral aos sistemas financeiros do Governo e da Prefeitura
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

TCE-AM terá acesso integral aos sistemas financeiros do Governo e da Prefeitura de Manaus

Até o momento, a Corte de Contas tem acesso somente aos sistemas, mas não aos bancos de dados de forma irrestrita e completa.

TCE-AM terá acesso integral aos sistemas financeiros do Governo e da Prefeitura de Manaus
(Foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Secretaria de Controle Externo (Secex), iniciou as tratativas com a Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz) e Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef) para ter acesso aos dados de administração financeira integrada dos órgãos – Administração Financeira Integrada (AFI) e Administração Financeira Integrada Municipal (AFIM), respectivamente.

A proposta foi apresentada pelo presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, em Sessão Ordinária realizada no Plenário Virtual, e teve aprovação unânime dos membros do Pleno.

Até o momento, a Corte de Contas tem acesso somente aos sistemas, mas não aos bancos de dados de forma irrestrita e completa.

Leia também:

MPF apura desvio de dinheiro público destinado à merenda escolar do AM

Com a conclusão das tratativas entre os órgãos, o TCE terá um avanço na fiscalização das instituições públicas, ampliando a fiscalização dos recursos uma vez que poderá acessar, de forma global e não individualizada, todos os dados dos sistemas AFI, do Governo do Estado, e AFIM, da Prefeitura de Manaus.

As tratativas serão acompanhadas da elaboração de uma minuta de acordo de cooperação técnica e um plano de trabalho, realizada pelo Departamento de Informação e Estatística (Deinfe), sob supervisão da Secex, que serão repassadas para a devida análise do Tribunal Pleno.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias