Wilson Lima e ministro da Infraestrutura discutem pavimentação da BR-319 - Amazonas1
30 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  30oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Wilson Lima e ministro da Infraestrutura discutem pavimentação da BR-319

De acordo com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, a expectativa é que as obras na BR-319 comecem ainda neste ano

Wilson Lima e ministro da Infraestrutura discutem pavimentação da BR-319
Divulgação: Facebook

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou por meio de uma rede social, na manhã desta segunda-feira (21), que esteve reunido por meio de videoconferência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e outros governadores da região Norte, a fim de tratar da pavimentação da BR-319. “Há muito tempo que nós não temos uma sinalização tão significativa do governo federal com relação à rodovia”, afirmou Wilson.

O Ministério de Infraestrutura lançará o edital de licitação da pavimentação dos trechos do Km 198 a 250 da BR-319 nesta terça-feira, (22). O anúncio ocorreu no último sábado (19), durante solenidade de entrega de implementos agrícolas e o lançamento de programas estaduais no Distrito de Matupi, em Manicoré, região sul do Amazonas.

Leia mais: Cientistas do Inpa denunciam pavimentação da BR-319 a comunidades internacionais

“Estou muito otimista com a licitação do lote C, que acontece amanhã, e com os avanços quanto ao trecho do ‘meio’. Estamos trabalhando para garantir todas as salvaguardas ambientais e assegurar que o cidadão que mora na região tenha garantido seu direito de ir e vir”,  conclui o governador.

Serão pavimentados os primeiros 52 quilômetros, no trecho que vai do Km-198 ao Km-250. A rodovia que liga as unidades federativas do Amazonas e Rondônia é essencial para facilitar a logística de transporte da produção agrícola da região Norte.

Segundo o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, a expectativa é que as obras comecem ainda neste ano.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading