MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Amom cobra David nas redes sociais: ‘só sobrou pro baixo escalão’

A gestão do prefeito de Manaus, David Almeida coleciona escândalos, desde os casos de fura-filas até as irregularidades no repasse de moradias sociais
Beatriz Araújo – Portal Amazonas1
• Publicado em 28 de agosto de 2021 – 09:57
Foto: Divulgação

MANAUS (AM) – Após diversos escândalos envolvendo a Secretaria Municipal de Assistência Social, Mulher e Cidadania (Semasc), o vereador Amom Mandel (sem partido) cobrou mais uma vez que a Prefeitura de Manaus e os órgãos competentes tomem providências sobre as irregularidades cometidas pela pasta.

“Agosto está acabando; até agora, nada de concreto foi feito contra o caso dos fura-filas da vacinação, das cestas básicas da SEMASC e sobre os APARTAMENTOS POPULARES”, publicou.

Durante oito meses de trabalhos, a gestão do prefeito de Manaus, David Almeida, coleciona escândalos, desde os casos de fura-filas da vacinação, distribuição de alimentos vencidos e irregularidades no repasse de moradias sociais. Os escândalos foram noticiados pelo Portal Amazonas1 desde o início; entenda como aconteceram:

Leia mais: Fura-fila, nomeações suspeitas e denúncia de corrupção: os escândalos de David

Pelas redes sociais, Amom ressaltou que o mês de agosto está chegando ao fim e, até agora, os responsáveis pelas irregularidades cometidas pela pasta não foram afastados de seus cargos.

Para o vereador, é necessário que a população e os vereadores continuem pressionando os envolvidos nos escândalos para que sejam punidos. Amom ressaltou que, até o momento, apenas os funcionários do baixo escalão da prefeitura foram afastados dos casos.

“Precisamos pressionar para que os principais suspeitos sejam afastados – de pronto – da administração municipal. Até então, estão livres para pressionar e assediar quem acharem que oferece riscos. Só sobrou para o baixo escalão.”, disse.

O último escândalo da Prefeitura de Manaus foi em relação aos contemplados pela segunda etapa do complexo residencial do Santa Etelvina, o Cidadão Manauara 2. Pelo menos dez servidores do Poder Executivo foram comtemplados pelos apartamentos; funcionários não se enquadram nos critérios estabelecidos pela Caixa Econômica Federal.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: facebook, instagram e twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap