MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Bancada amazonense se divide na votação do voto impresso

A PEC do Voto Impresso precisava de ao menos 308 votos favoráveis para prosseguir, mas com 218 votos contrários, foi derrubada
Edilânea Souza – Portal AM1*
• Publicado em 11 de agosto de 2021 – 08:46
Bancada amazonense se divide na votação do Voto impresso
Foto: Reprodução

MANAUS, AM – A Câmara dos Deputados votou, na noite dessa terça-feira (10), a PEC do Voto Impresso. Ao todo, 229 votos foram favoráveis à proposta e 218 se mostraram contrários. Ao todo, 448 votos foram computados na sessão.

De acordo com a votação, quatro dos oito parlamentares da bancada amazonense foram favoráveis à propositura e quatro votaram contra a proposta.

Entre os votos contrários, estão: os dos deputados Bosco Saraiva (Solidariedade), Marcelo Ramos (PL), José Ricardo (PT) e Sidney Leite (PSD).

Já os que disseram sim à proposta, estão: Capitão Alberto Neto (Republicanos); Delegado Pablo (PSL); Silas Câmara (Republicanos) e Atila Lins (PP).

Nas redes sociais, logo após a votação, Alberto Neto disse que a “casa do povo” virou a “casa do Supremo Tribunal Federal” (STF).

“Perdemos uma batalha, mas não vamos perder a Guerra. Vencemos a votação com 229 votos a favor e 218 votos contrários, porém precisamos de 308 votos favoráveis. Infelizmente a câmara dos deputados, casa do povo, virou casa do STF”, escreveu o parlamentar no Twitter.

Leia mais: Câmara dos Deputados rejeita PEC do voto impresso e texto será arquivado

Já o delegado Pablo, disse que a votação não vai mudar a vontade da população em ter uma democracia limpa e transparente.

“Votei a favor, mas a PEC do Voto Auditável não passou. Isso não diminui um milímetro a vontade do povo que foi às ruas pedir mais segurança e confiabilidade nas eleições. Lutar pela democracia limpa e transparente sempre será o lado certo da moeda”, disse.

Zé Ricardo, um dos parlamentares que votou contra a proposta, informou que a orientação da bancada do PT foi votar “Não à PEC”.

Antes da votação, Marcelo Ramos já havia se mostrado contrário à proposta em suas redes sociais.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap