Manaus, 22 de abril de 2024
×
Manaus, 22 de abril de 2024

Economia

Brasil recebeu quase 6 mi de turistas estrangeiros em 2023

Somente no mês de novembro os viajantes estrangeiros deixaram no país cerca de R$ 3,019 bilhões, o equivalente a US$ 616,1 milhões.

Brasil recebeu quase 6 mi de turistas estrangeiros em 2023

Turismo – Brasil. (Foto: Freepik)

Os bons resultados obtidos no setor do turismo em 2023 no Brasil abrem perspectivas positivas para o ano que iniciou há pouco. Ao todo, o país registrou a entrada de exatos 5.908 341 visitantes do exterior em 2023, 62,7% acima do acumulado de 2022, quando o país recebeu 3,6 milhões de turistas.

Em 2019, último ano antes da pandemia de Covid-19, para efeito de comparação, foram 6,3 milhões de estrangeiros visitando o país. Os dados são resultado de um levantamento realizado em parceria pela Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo), o Ministério do Turismo e a Polícia Federal.

Esse fluxo fez com que, de acordo com números do Banco Central divulgados pelo Ministério do Turismo, a receita gerada pelo turismo internacional no Brasil entre os meses de janeiro e novembro somasse R$ 30,8 bilhões.

Somente no mês de novembro os viajantes estrangeiros deixaram no país cerca de R$ 3,019 bilhões, o equivalente a US$ 616,1 milhões. O valor superou significativamente o recorde anterior, registrado em novembro de 2011, quando os desembolsos atingiram R$ 2,669 bilhões (US$ 543,6 milhões).

E as projeções para os próximos meses são positivas, especialmente após o recente anúncio do ministro do Turismo Celso Sabino, de que a pasta tem como meta atrair aproximadamente 10 milhões de turistas estrangeiros por ano até 2027, como resultado de uma campanha internacional nas redes sociais e na imprensa. Nesse contexto, dados da plataforma AirBnB apontam que Salvador, Rio de Janeiro e Maceió estão entre os destinos mais procurados por hóspedes do mundo todo.

“As boas perspectivas para o turismo demonstram a força do setor e a sua importância no processo de crescimento da economia brasileira e do investimento”, avalia Marcos Jorge, fundador e CEO da RTSC Holding, grupo financeiro com foco no desenvolvimento do turismo brasileiro

Diante dos bons resultados, Jorge acredita que o potencial turístico do país está longe de ser esgotado. “Nosso potencial ainda não é explorado em sua totalidade. Mesmo com a retomada do setor, estamos muito atrás de países como a França, por exemplo, que em 2022 recebeu 70 milhões de visitantes.”

Jorge aponta iniciativas importantes para a atração de turistas ao país, como o recente repasse de cerca de R$ 500 milhões para empreendimentos do setor via Fundo Geral de Turismo, o Fungetur. Outro marco, segundo o executivo, foi a inauguração do escritório da Organização Mundial do Turismo (OMT) no Rio de Janeiro, em dezembro de 2023. “A abertura do escritório da OMT no Brasil mostra a confiança da organização no potencial turístico do nosso país”, destaca.

 

(*) Por Dino Divulgador de Notícias – Estadão

 

LEIA MAIS: