Brasil e Alemanha fecham acordos para agropecuária sustentável
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

5 de junho de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Brasil e Alemanha fecham acordos para agropecuária sustentável

Os recursos deverão ser aplicados em bioeconomia, proteção florestal e reflorestamentos em pequenas propriedades rurais na Mata Atlântica

Brasil e Alemanha fecham acordos para agropecuária sustentável

Os governos do Brasil e da Alemanha firmaram acordos de cooperação técnica e financeira para incentivar o desenvolvimento sustentável, informa o Ministério da Agricultura Conforme a pasta, o aporte financeiro deve ser de 81,9 milhões de euros do governo alemão, sendo 40,4 milhões para projetos vinculados ao Ministério da Agricultura.

Os recursos deverão ser aplicados em bioeconomia (14 milhões de euros), proteção florestal, recuperação ambiental e reflorestamentos em pequenas propriedades rurais na Mata Atlântica (13,1 milhões), inovação nas cadeias produtivas da agropecuária na Amazônia (7,5 milhões) e implementação do Cadastro Ambiental Rural (5,8 milhões).

Representantes dos dois países reuniram-se, de 27 e 29 de novembro, no Ministério Alemão para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ) em Bonn.

O secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério, Flávio Bettarello, disse que essas negociações sobre a cooperação bilateral ocorrem a cada dois anos e que os encontros não são focados “apenas na arrecadação de recursos financeiros e na cooperação técnica”, mas também para “o alinhamento da visão sobre como os países podem trabalhar juntos”.

Segundo o Ministério, esta é a primeira reunião do grupo durante o governo Jair Bolsonaro e que conta com a presença do Ministério da Agricultura brasileiro.

(*) Com informações do Conteúdo Estadão

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias