MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Brasileiro é morto no Paraguai e criminosos deixam recado: ‘não roubar na fronteira’

A casa não tinha sinais de arrombamento e a polícia acredita que a vítima conhecia o autor do crime
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 28 de setembro de 2021 – 16:31
Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP – O brasileiro Rogério Laurete Buosi, de 26 anos, foi encontrado morto dentro da própria casa, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, no último sábado (25). Ele foi atingido por treze tiros e os criminosos deixaram um bilhete em cima do corpo sem vida com o aviso: “não roubar na fronteira”.

O bilhete foi assinado pelo grupo “Justiceiros da Fronteira”, grupo conhecido por matar pessoas que eles acreditam que está cometendo crimes na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

Segundo a imprensa local, a casa não tinha sinais de arrombamento e a polícia acredita que a vítima conhecia o autor dos disparos. O brasileiro morava no Paraguai e pretendia voltar ao Brasil em outubro.

Leia mais: Audiência do ‘Caso Flávio’ é adiada pela quarta vez e enteados de Arthur Neto seguem em liberdade

As investigações da polícia paraguaia não identificaram que o brasileiro cometia crimes na região. A família de Rogério soube da morte por uma amiga da família, que também mora no Paraguai.

O Itamaraty afirmou que está prestando apoio à família do jovem. O corpo dele chegou em Araçatuba, no interior de São Paulo nesta segunda-feira (27), onde será sepultado.

(*) Com informações do Uol

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap