MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Ciro rebate Lula: ‘foi o maior fator de desestabilização do mandato de Dilma’

O pré-candidato à Presidência da República voltou a atacar o ex-presidente Lula depois de uma trégua anunciada em nome da democracia
Hellen Miranda – Portal AM1
• Publicado em 14 de outubro de 2021 – 16:03
Foto: reprodução

Brasília, DF – Em mais um capítulo do bate-boca, o ex-ministro e pré-candidato à Presidência da República, pelo PDT, Ciro Gomes voltou a acusar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de conspirar por impeachment de Dilma Rousseff. Em um vídeo publicado no Youtube, na tarde desta quinta-feira (14), Ciro apresentou uma série de fatos, que, segundo ele, comprovariam que Lula “foi o maior fator de desestabilização do mantado” de sua sucessora na presidência.

“Hoje, tenho a convicção de que Lula foi um dos principais responsáveis pela queda de Dilma. Os principais responsáveis por esta pavorosa tragédia, que nos ameaça hoje, este governo criminoso de Bolsonaro foram [sic] a corrupção e a incompetência dos governos do PT”, disse no início da gravação.

No pronunciamento, Ciro fez duras críticas ao petista e listou alguns casos feitos – de forma consciente e às vezes não- pelo ex-presidente, que teriam contribuído diretamente para o impeachment de Dilma.

“Fez isso tanto no passado remoto como nos momentos finais da agonia dela. Fez quando loteou o governo com personagens mais corruptos da história do país e deixou essa herança maldita para a sua sucessora. Fez isso quando escolheu a dedo o Michel Temer para ser vice de Dilma. Quando entregou Furnas e seu caixa polpudo, a Eduardo Cunha. Quando entregou a Petrobras e suas subsidiárias a personagens sinistros do Centrão e do MDB. E mais dezenas e dezenas de outros casos que, até hoje, eles tentam apagar da memória nacional”, argumentou Ciro.

Cerimônia de posse da presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann e da nova diretoria nacional do partido, que contou com a presença do ex-presidente Lula da Silva e da ex-presidente Dilma Rousseff. Brasília, 05-07-2017. Foto Sergio Lima/Poder 360

Segundo ele, na “ânsia de impedir a reeleição de Dilma”, Lula teria transformado o instituto que leva seu nome “num antro de intriga e corrupção” ao levar autoridades, jornalistas e empresários para atacar a então presidente. Ciro também mencionou que o petista deu “gasolina e fósforo para os que queriam incendiar o mandato dela” ao tecer críticas públicas contra Dilma, no início do segundo governo.

“Ele assinou o atestado de óbito do governo, quando nos estertores da sua presidência, sugeriu que ela desse a coordenação política ao vice Michel Temer. Em suma: deu faca e queijo àquele que mais lucraria com a queda da presidente. Colocou a raposa tomando conta do galinheiro”, disparou o pré-candidato.

Para Ciro, Lula ajudou na queda de sua “ex-protegida” por “egoísmo, imprudência e uma sequência indesculpável de movimentos erráticos”. Ele afirmou, ainda, que conhece bem o ex-presidente.

“Na verdade o egocentrismo de político sempre foi e continua sendo a característica mais marcante de Lula. Não é por acaso que o PT é hoje este deserto de lideranças. Lula sabe que eu posso dizer isso porque poucos conhecem ele tão bem quanto eu. E deste que o conhecem bem, nenhum tem a minha coragem e independência de dizer o que sabe e o que pensa!”, opinou Ciro em seu discurso.

Reação

Acusado por Ciro Gomes de ter conspirado pelo impeachment de Dilma, o ex-presidente Lula afirmou, mais cedo, que o ex-governador do Ceará foi “banal e grosseiro” nas críticas e assumiu tom ameaçador. A fala desencadeou um bate-boca entre ele e Lula. Em resposta, o ex-presidente insinuou que Ciro teve o cérebro afetado pela covid-19 e, por isso, está fazendo as críticas ao PT.

Leia mais: Bate-boca: Lula diz que covid pode ter afetado cérebro de Ciro Gomes

“Eu não vou falar do Ciro. O que ele fez, ontem, foi tão banal, foi tão grosseiro, que às vezes eu fico pensando, como Jesus Cristo na cruz dizia: ‘Pai, perdoai os ignorantes, eles não sabem o que fazem’”, disse Lula à rádio Grande FM de Dourados (MS).

Veja vídeo de Ciro Gomes na íntegra:

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap