MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Com baixa atuação, Bessa critica blogs para defender gasto de R$ 32 milhões da CMM

As críticas de Bessa aconteceram durante troca de farpas entre parlamentares que apoiaram David Reis na construção do anexo 2 na Casa Legislativa
Gabriela Alves – Portal AM1
• Publicado em 13 de setembro de 2021 – 21:00
Com baixa atuação, Bessa critica blogs para defender gasto de R$ 31 milhões da CMM
Foto: Robervaldo Rocha / CMM

MANAUS, AM – Com apenas cinco Projetos de Lei (PL) apresentados nos últimos nove meses, o vereador Elissandro Bessa (Solidariedade) foi um dos parlamentares que defendeu a construção de um anexo da Câmara Municipal de Manaus (CMM) por quase R$ 32 milhões.

Durante seu discurso a favor da obra, o parlamentar tentou descredibilizar veículos de imprensa locais.

“Manaus tem muito ‘mimimi’. Tem muito esquema de blog. As pessoas criam ali um ‘estudiozinho’ e tem ali cinco curtidas, e tentam reverberar e criar fatos que não existem”, argumentou. No entanto, o vereador não apontou quais seriam as notícias falsas as quais ele se referia e nem nominou os blogs que as publicam.

Saiba mais: Vereadores trocam farpas para defender novo anexo de R$ 31 milhões

Baixa atuação

Em seu segundo mandato, Elissandro Bessa apresentou poucos projetos de lei. São eles: a instituição do “Dia Municipal do Motoboy” (PL 156/2021); a vedação de nomeação a cargo de confiança na prefeitura de pessoas que tenham sido condenadas pela Leia Maria da Penha (PL 50/2021); disposições sobre o desembarque de mulheres, idosos e pessoas com deficiência no transporte coletivo; e alteração de dois textos referentes ao transporte coletivo e táxis em Manaus (PL 5/ 2021 e 4/2021). Desses, apenas um foi encaminhado para a sanção do Executivo.

Ainda conforme levantamento no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), apenas 18 projetos foram apresentados ao longo do primeiro mandato do vereador e apenas três leis foram sancionados.

Entre os projetos apresentados, estão a instituição do “Janeiro Branco”, mês dedicado à realização de ações educativas para a difusão da saúde mental; Instituição da Semana Municipal do Hip Hop; e a inclusão, no Calendário Oficial da Cidade de Manaus, da Semana de Conscientização e Prevenção da Gravidez na Adolescência.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap