Conjunto Santos Dumont integra núcleo do Pelci e fortalece projetos socioesportivos aos moradores

Com novo espaço, projeto que visa fomentar esporte de base na capital e no interior chega ao seu 16º núcleo em Manaus
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 01/07/2022 11:26
Foto: Rudson Renan/Faar

Como incentivo ao esporte de base, o Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), anunciou o Campo do Santos Dumont como novo núcleo do Projeto Esporte Lazer na Capital e Interior (Pelci). O evento que aconteceu na última quinta-feira (30), contemplou os moradores do bairro localizados na zona Centro-Oeste da capital.

“Precisamos destacar que esses projetos socioesportivos fortalecem a segurança pública, porque cada atleta que estiver aqui, se esforçando, estará longe da criminalidade, além de ter a chance de se tornar um atleta profissional com o tempo”, afirmou Jorge Oliveira, diretor-presidente da Faar.

Com a entrega de materiais esportivos, a iniciativa abraça o projeto Escolinha do Campo Santos Dumont, que conta com 150 crianças e jovens, nas modalidades de futebol de campo, voleibol e futevôlei, destaque para 35 mulheres que praticam futebol de campo.

Leia mais: Governo entrega Kit Agroecologia para produtores de Rio Preto da Eva, Careiro da Várzea e Manaus

“Esse projeto veio em uma boa hora para potencializar aquilo que já fazíamos aqui. Estaremos de portas abertas para as crianças e jovens da comunidade que desejam fazer uma atividade esportiva no nosso campo”, disse Lincoln Ferreira, líder comunitário do Santos Dumont.

As aulas acontecem nas segundas e quartas-feiras, com turmas no turno matutino e vespertino. O morador do Santos Dumont, Ederson Souza, que tem um filho inserido na modalidade de futebol de campo, aproveitou a oportunidade para agradecer o trabalho desenvolvido na comunidade.

Foto: Rudson Renan/Faar

“Quero agradecer o projeto da Faar para a nossa comunidade, pela importância do trabalho para tirar nossas crianças da criminalidade, pois quem pratica esporte está longe das coisas erradas do mundo. Isso é fundamental para a nossa comunidade”, disse Ederson.

Núcleos

Com o campo do Santos Dumont, o Pelci chega ao seu 16º núcleo na capital amazonense. Já foram anunciados: CDC da Compensa; Arena Amadeu Teixeira; Vila Olímpica; Solon de Lucena/Renné Monteiro; Campo do Teixeirão; Campo do Passarinho; Campo do Buracão; Arena do Monte; Campo do Prosamim do Santo Agostinho; Campo do Curió; Campo do Teixeirão; Baixada Fluminense; Campo do Cophasa; Campo do Petrópolis; e Quadra do Crespo.

No interior, o Pelci tem cinco polos, que contemplam mais de 2 mil alunos no esporte de base, são eles: São Gabriel da Cachoeira; Envira; Humaitá; Tabatinga e Codajás. Ao todo, contando capital e interior, o Pelci conta com mais de 7 mil atletas mirins matriculados.

*Com informação da Assessoria

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS