MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Conmebol suspende Brasil e Argentina e diz que decisão final sobre o jogo é da Fifa

Jogadores argentinos teriam omitido às autoridades brasileiras sobre presença na Inglaterra, país em zona restrita, e não fizeram quarentena
Da redação – Portal AM1
• Publicado em 05 de setembro de 2021 – 17:17
Alexandre Schneider/Getty Images

SÃO PAULO, SP – Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) paralisar na tarde deste domingo (5), o jogo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, o arbitro decidiu encerrar a partida. A decisão foi tomada devido à violação de protocolos sanitários de quatro jogadores argentinos.

Por determinação da agência, eles teriam de cumprir isolamento no hotel para serem deportados para a Argentina. São eles: o goleiro Emiliano Martinez, os meia Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero. Os quatro atuam na Inglaterra.

Em nota, a Anvisa esclareceu a situação dos jogadores argentinos, que segundo a agência, entraram de forma irregular no país ao negar que estiveram anteriormente no Reino Unido, o que exigiria que fossem submetidos a quarentena. Três deles entraram em campo como titulares.

“Eles descumpriram regra para entrada de viajantes em solo brasileiro, prevista na Portaria Interministerial nº 655, de 2021, a qual prevê que viajantes estrangeiros que tenham passagem, nos últimos 14 dias, pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia, estão impedidos de ingressar no Brasil”, informou a agência. A portaria é assinada pelos ministérios da Justiça, Saúde e Casa Civil.

A agência declarou, ainda, que considera a situação “risco sanitário grave”, motivo pelo qual orientou as autoridades em saúde locais “a determinarem a imediata quarentena dos jogadores, que estão impedidos de participar de qualquer atividade e devem ser impedidos de permanecer em território brasileiro”.

O jogo estava previsto para começar às 16h na Arena Corinthians, em São Paulo pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, mas foi interrompido logo nos primeiros minutos do 1º tempo. Após mais de 40 minutos de paralisação, os jogadores da Argentina se trancaram no vestiário e, com a chegada da Polícia Federal à arena, deixaram o estádio.

Leia mais: Anvisa interrompe Brasil x Argentina por infração sanitária dos argentinos

Em comunicado nas redes sociais, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) publicou que o árbitro encerrou a partida entre Brasil e Argentina.

“Por decisão do árbitro da partida, a partida organizada pela Fifa entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo está suspensa. O árbitro e o comissário de jogo enviarão um relatório ao Comitê Disciplinar da Fifa, que determinará as etapas a serem seguidas”.

“Esses procedimentos obedecem estritamente aos regulamentos atuais. As eliminatórias da Copa do Mundo são uma competição da Fifa. Todas as decisões relativas à sua organização e desenvolvimento são da competência exclusiva daquela instituição”, completa o comunicado.

Em declaração divulgada pelas redes sociais da AFA, o técnico da Argentina, Lionel Scaloni, afirmou que “em nenhum momento foram notificados” de que os jogadores que furaram a quarentena não poderiam jogar neste domingo.

Ainda não se sabe se a partida será remarcada ou se o Brasil ficará com os pontos devido à quebra de regra por parte dos argentinos. O Brasil lidera a competição de forma isolada com 21 pontos.

(*) Com informações do Metrópoles, Agência Brasil e CNN

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais:Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap