Covid-19: Nigéria proíbe viajantes da Índia, do Brasil e da Turquia - Amazonas1
16 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Covid-19: Nigéria proíbe viajantes da Índia, do Brasil e da Turquia

Medida entra em vigor na terça-feira (4). Nigéria chegou a mais de 165 mil casos da doença no último sábado (2), com 2.063 mortes

Covid-19: Nigéria proíbe viajantes da Índia, do Brasil e da Turquia
Foto: Temilade Adelaja/Reuters

ABUJA, NIG – A Nigéria decidiu proibir a entrada de viajantes procedentes da Índia, do Brasil e da Turquia. A proibição vem em meio à preocupação com a disseminação do novo coronavírus nesses países, disse o comitê presidencial de acompanhamento da pandemia neste domingo (2).

“Portadores de passaportes não nigerianos e não residentes na Nigéria que tenham visitado o Brasil, a Índia ou a Turquia nos 14 dias anteriores à viagem para a Nigéria, terão sua entrada negada no país”, afirmou Boss Mustapha, presidente do comitê, em comunicado. A proibição entrará em vigor no próximo dia 4.

A Nigéria anunciou 43 novos casos confirmados de covid-19 neste sábado (2). Com isso, o país totalizou 165.153, com 2.063 mortes até o momento.

Leia mais: Governo do AM recebe mais 7 mil doses de vacina contra a Covid-19

Hospitais, necrotérios e crematórios indianos estão sobrecarregados, com o país relatando mais de 300 mil casos diários por mais de dez dias consecutivos. No Brasil, novos casos da doença caíram um pouco após o pico do fim de março, mas permanecem altos para os padrões históricos. O total de mortes no país perde apenas para os Estados Unidos.

A Turquia impôs lockdown completo em todo o país na quinta-feira (29), com duração até 17 de maio, para conter um aumento nas infecções e mortes pelo novo coronavírus. O país registra o quarto maior número de casos do mundo.

(*) Com informações da Agência Brasil.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]