MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Depoentes abusam do direito ao silêncio, aponta CPI em documento enviado ao STF

De acordo com um documento enviado ao Supremo, o silêncio dos depoentes dificulta os trabalhos de investigação da CPI da Covid
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 17 de setembro de 2021 – 09:00
Após vazamento, CPI adia leitura e votação do relatório final
Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

BRASÍLIA, DF – A Comissão da CPI da Covid afirmou, nesta quinta-feira (16), que os depoentes abusam do direito de permanecer em silêncio, concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com um documento enviado ao Supremo, o silêncio dos depoentes dificulta os trabalhos da CPI.

“Urge, desse modo, que a Suprema Corte dê aos órgãos do Parlamento brasileiro, notadamente suas CPIs, a real ‘força’ que, no texto constitucional, realmente detêm. Urge que este Supremo Tribunal Federal se emparelhe junto ao Congresso Nacional na tentativa de mitigar o caos vivenciado pela população brasileira, em face da atual pandemia”, aponta um trecho do documento.

Leia mais: Omar se irrita com lobista na CPI e dispara: ‘para subir em caminhão, é macho’

Na última terça-feira (14), a Comissão recebeu o advogado Marcos Tolentino, que tinha habeas corpus. Na ocasião, ele preferiu manter o silêncio após os senadores perguntarem quem seria o verdadeiro dono do FIB Bank ou empresas relacionadas.

“Cabe a esta Corte Constitucional, guardiã em última instância da Carta Magna de 1988, assim como já vem fazendo propriamente consigo, respaldar a legitimidade do Poder Legislativo, não permitindo que suas atribuições sejam esvaziadas, tal como, infelizmente vem ocorrendo”, diz o documento enviado à ministra do STF Cármen Lúcia, por meio da Advocacia do Senado.

(*) Com informações da CNN

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap