'Igreja não é curral eleitoral', gritam manifestantes contra Bolsonaro em Manaus

US - R$ 4,13

×

‘Igreja não é curral eleitoral’, gritam manifestantes contra Bolsonaro em Manaus

Presidente é o convidado ilustre de um culto de ação de graças, promovido pela Igreja Assembleia de Deus da capital amazonense, que acontece na noite desta terça, 26

(Foto: Márcio Silva/Amazonas1)

Um pequeno grupo de estudantes, professores e técnicos administrativos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realizaram no início da noite desta terça-feira, 26, uma manifestação em frente ao auditório Canaã, na avenida Rodrigo Otávio, contra a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que participa de um culto promovido pelo deputado federal Silas Câmara (PRB), um dos líderes da Igreja Assembleia de Deus.

Com gritos e palavras de ordem, os universitários criticam o uso da Igreja como ambiente político e a agenda política do Governo Federal.

“Não é um governo que olha para o povo e nem pelo trabalhador. Tem uma agenda ultraliberal e de desmonte das políticas públicas para minorias. Além de desmonte da educação e nós, como alunos da Ufam, não poderíamos ficar calados com a presença desse presidente aqui”, comentou o estudante de História, Cristofer Rocha, 22.

Apoio

Houve ainda outro pequeno grupo de apoio ao presidente e de críticas aos estudantes. A dona de casa Júlia Lima, 43, levou as duas filhas com cartazes em apoio a visita de Bolsonaro.

“Esses estudantes não representam a maioria do povo brasileiro”, disse a dona de casa.

O presidente Jair Bolsonaro estará em Manaus nesta terça-feira, 26, e quarta-feira, 27, onde participa ainda da abertura da 1ª Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM).

 

(Foto: Márcio Silva/Amazonas1)

Faça um comentário