Vendas no comércio perdem ritmo em novembro e têm leve queda - Amazonas1
27 de fevereiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
23oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Vendas no comércio perdem ritmo em novembro e têm leve queda

As atividades de outros artigos de uso pessoal e doméstico e de artigos farmacêuticos, medicinais, ortopédicos e de perfumaria foram as únicas que apresentaram crescimento

Vendas no comércio perdem ritmo em novembro e têm leve queda

Após seis meses seguidos de alta, o volume de vendas no varejo perdeu ritmo e registrou queda de 0,1% em novembro, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (15).

O resultado foi considerado próximo à estabilidade frente ao mês de outubro. Na comparação com novembro do ano passado, o crescimento foi de 3,4%, menor do que os 8,4% do mês anterior nessa base de comparação.

O setor está 7,3% acima do patamar pré-pandemia.

No acumulado de 2020 até novembro, comparado a igual período do ano passado, o varejo apresenta alta de 1,2%. No acumulado de 12 meses, o setor registra 1,3% de crescimento.

Leia mais: Bolsonaro diz querer aumentar para R$ 3 mil valor da isenção de Imposto de Renda em 2022

Já o comércio varejista ampliado, que inclui o segmento de veículos, motos, partes e peças e materiais de construção, teve alta de 0,6% nas vendas em relação a outubro.

O principal responsável pela queda geral do índice em novembro foi o grupo dos alimentos. O segmento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumos, com peso de 45% no índice, registrou retração de 2,2%.

Segundo o IBGE, a queda reflete a inflação do país, que vem aumentando nos últimos meses.

As atividades de outros artigos de uso pessoal e doméstico e de artigos farmacêuticos, medicinais, ortopédicos e de perfumaria foram as únicas que apresentaram crescimento.

*Com informações Folhapress

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading