Alfredo defende Arthur e diz que saída da Samel provocou mudança no plano de saúde dos servidores - Amazonas1
28 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Alfredo defende Arthur e diz que saída da Samel provocou mudança no plano de saúde dos servidores

Alfredo Nascimento também chamou de "exploração política" declarar o fim do atendimento médico ao servidor público municipal

Alfredo defende Arthur e diz que saída da Samel provocou mudança no plano de saúde dos servidores
Foto: Marcio Silva/ Portal AM1

O pré-candidato Alfredo Nascimento (PL) saiu em defesa do atual prefeito Arthur Neto (PSDB), e afirmou que a família Nicolau faz uso político da possibilidade da troca da Manausmed por um plano de saúde privado dos servidores públicos municipais. A declaração do ex-senador ocorreu, nesta quarta-feira (23), durante entrevista ao Portal AM1.

No inicio desta semana, o vereador Hiram Nocolau (PSD), irmão do também pré-candidato a prefeito, Ricardo Nicolau (PSD), denunciou na Câmara Municipal de Manaus (CMM) que os servidores municipais ficarão sem assistência médica com o fim do contrato entre a Prefeitura e a Manausmed.

O vereador alegou que, a extinção do atual plano de saúde vai prejudicar os funcionários, além de apontar a Hapvida como suposta nova empresa que deverá ser contratada pelo prefeito Arthur para prestar o serviço na capital.

Leia mais: Hiram Nicolau, irmão do pré-candidato Ricardo Nicolau, denuncia que Arthur Neto vai extinguir Manausmed

Em resposta à declaração do parlamentar, Alfredo Nascimento afirmou que a saída do Grupo Samel – uma das principais empresas de assistência aos servidores públicos municipais e que pertence a família Nicolau – provocou a mudança no atual plano de saúde dos servidores.

“Isso não é verdade, a historia não é essa. O que eu sei é que em função da saída da Samel, que dava assistência aos servidores municipais, como por exemplo grávidas e crianças, a Prefeitura está fazendo consultas ao servidor, que vai dizer: eu quero continuar com a Manausmed, que está tendo problemas ou quero um plano de saúde que tenha atendimento completo, feito uma licitação para que este plano atue”, explicou.

O ex-senador também chamou de “exploração política” declarar o fim do atendimento médico ao servidor público municipal.

“O servidor será consultado, foi isso que me disse o prefeito Arthur Neto. Quanto a isso é exploração política, vai acabar com o atendimento do servidor público. São mais de 40 mil servidores municipais, se o Arthur não gostasse deles tinha deixado a previdência como estava, quebrada com um déficit de R$ 3 bilhões, mas ele recuperou e equilibrou”.

No período mais crítico da pandemia de coronavírus na capital amazonense, o prefeito Arthur Neto e o agora pré-candidato Ricardo Nicolau firmaram parceria público-privada para a gestão e organização do hospital de campanha municipal, que estava sendo administrado pelo Grupo Samel e atendendo pacientes com covid-19.

Ao Portal AM1, a Prefeitura de Manaus por meio de nota, já havia informado que está realizando um estudo de redirecionamento para fazer uma mudança no atual plano de saúde dos servidores.

Veja a entrevista na íntegra:

Eleições 2020 – pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Alfredo Nascimento

Entrevista com o pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Alfredo Nascimento

Posted by Amazonas1 on Wednesday, September 23, 2020

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading