MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Em foto com Bolsonaro, gesto de ‘L’ era ‘arminha’, diz trabalhador

Trabalhadores desmentiram versão geral publicada por deputada do PT; presidente teria pedido para que operários fizessem a "arminha"
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 27 de junho de 2021 – 17:02
arminha
Presidente teria pedido para trabalhadores fazerem gesto. Foto: Divulgação

SÃO PAULO, SP – O gesto feito por trabalhadores fotografados junto ao presidente Jair Bolsonaro durante visita à barragem de Oiticica, em Jucurutu (RN), na quinta-feira (24), não é uma alusão ao “L” associado ao ex-presidente Lula, e sim uma “arminha”.

O UOL localizou três das quatro pessoas que fizeram o gesto. Duas delas disseram se tratar de um “mal-entendido”. Um terceiro, Carlos Eduardo Pinheiro (à esquerda na foto, de camisa azul e sem capacete), afirmou que os dedos sinalizam “uma arminha apontada para o céu”.

A foto viralizou na quinta-feira (24). Parte da imprensa interpretou a ocorrência como uma manifestação de apoio a Lula. O gesto foi descrito como “associado ao ex-presidente”.

Leia mais: Bolsonaro reúne apoiadores em motociata nas ruas de Chapecó

Políticos da oposição viram um ato de bravura dos operários. O PT replicou no Twitter postagem da deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) com a mensagem “nem todo herói usa capa”.

A repercussão negativa levou o Ministério do Desenvolvimento Regional a apagar a foto, publicada originalmente na função stories do Instagram da pasta.

Em sua live semanal, Bolsonaro falou do assunto com Fábio Faria, ministro das Comunicações. Faria afirmou que os trabalhadores estariam apontando para o céu a pedido de Bolsonaro.

Gesto era arma

Segundo Pinheiro -que não quis revelar sua função no consórcio que constrói a barragem de Oiticica-, a foto retrata um grupo de trabalhadores favoráveis ao presidente. Diz que não pode responder pelos demais, mas que ele estava “fazendo arminha”.

“Votei nele [Bolsonaro]. Gosto do governo dele, o que atrapalhou foi a pandemia. Em 2022, vou votar de novo, mas acho que aqui no Nordeste a maioria não vota nele.”

No Instagram, Pinheiro publicou na própria quinta-feira (24) uma foto do encontro com o presidente. Comentou a imagem com um emoji de bandeira do Brasil.

Outro trabalhador presente na foto fazendo a arminha é o técnico em segurança do trabalho Egildo Junior. Ele está à esquerda na imagem, de camisa verde e capacete. Seu Instagram também registra uma foto com o presidente, comentada na quinta-feira (24) com a mesma bandeira do Brasil:

Também na quinta-feira (24) Egildo comentou a postagem da deputada Natália Bonavides no Instagram: “No momento dessa foto [publicada pelo MDR], alguns fizeram [o gesto de apontar para o céu] e outros, não”.

O texto é idêntico ao enviado pelo trabalhador quando a reportagem do UOL entrou em contato.

(*) Com informações da Folhapress.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap