Travessia Almirante Tamandaré faz aniversário de 50 anos - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

27 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Travessia Almirante Tamandaré faz aniversário de 50 anos

O relay, que já caiu no gosto dos nadadores que participam do evento, será realizado no sábado, 12

Travessia Almirante Tamandaré faz aniversário de 50 anos
Reprodução: Assessoria

A mais famosa travessia em águas abertas do Norte do Brasil faz aniversário de 50 anos em 2020. E, para celebrar o meio século de existência da prova, o Rio Negro Challenge vai realizar a travessia no dia 13, um domingo. Além dos 8,5 quilômetros de muita emoção nas águas do rio Negro, o Challenge contará com as provas de 2 quilômetros e 4 quilômetros.

O relay, que já caiu no gosto dos nadadores que participam do evento, acontecerá no sábado, 12. O revezamento contará com equipes de três atletas e cada um nadará 500 metros. As inscrições estão abertas no site www.rionegrochallenge.com.br. As vagas são limitadas.

Leia mais: Cachoeira do Mutum: trilha limpa e difícil atrai turistas de todo o Brasil para o Amazonas

Criador do Rio Negro Challenge e responsável pelo retorno da travessia Almirante Tamandaré, Pierre Gadelha fala sobre a emoção de poder celebrar os 50 anos da prova.

“A travessia Almirante Tamandaré tem um histórico muito bonito. Foi uma prova criada em 1970.O primeiro vencedor foi um nadador do Clube do Remo (PA), chamado Carlos Reimão. Nesta primeira etapa, o amazonense que teve a melhor colocação chegou em quarto lugar, o grande nadador Paulo Rebelo, grande professor de educação física até hoje. Já o primeiro amazonense a ser vitoriosos nessa prova foi Alfredo Jacaúna, em 1973, levando o nome do Amazonas ao topo do pódio”, relembra.

Consolidação

Pierre fala ainda sobre a consolidação do evento.  “O Rio Negro Challenge, hoje, tem uma fama nacional e internacional. Já tivemos atletas de seleções internacionais como da França, Espanha e Portugal entre outras. Já conseguimos ter nadadores de todos os estados brasileiros, medalhistas olímpicos, e é um evento que nós começamos em 2013, com 90 atletas na prova. Hoje a gente limita a 380 atletas por questões de segurança. A segurança é uma prioridade em nossos eventos”, ressalta.

Protocolos de segurança

Em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus, o Rio Negro Challenge fará toda uma programação especial. O congresso técnico será virtual e a retirada dos kits será feita em horários diferenciados de acordo com as categorias de disputa. “Nós vamos fazer um evento com todos os protocolos de saúde aprovados pelos órgãos públicos e vai ser um evento seguro e bem divertido para toda a família”, pontua Pierre.

Participação

O administrador de empresas, Elthon Estrela, 44, está se preparando para a sua quinta participação na prova. Para ele, o melhor da travessia é o contato com a natureza. “Todo ano é uma preparação bem forte. Normalmente a gente começa a preparação depois de julho. O treino começa a ficar um pouco mais intenso não só em volume, mas também no tempo. É muito desafiador. E o que eu mais gosto da prova é o contato que você tem com a natureza. Na prova você se sente seguro e em contato com a natureza”, comenta.

(*) Com informações da Assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading