Fieam prorroga inscrições para o programa de consultoria empresarial gratuita

Publicado em 16/09/2017 12:50
Mais de 480 empresas de todos os setores industriais, com níveis diferentes de experiência no mercado externo já se inscreveram para participar do programa. (Foto: Assessoria/CIN-AM)
Mais de 480 empresas de todos os setores industriais, com níveis diferentes de experiência no mercado externo já se inscreveram para participar do programa. (Foto: Assessoria/CIN-AM)

Até o dia 30 de setembro, micros, pequenas e médias empresas (MPMEs) podem se inscrever no programa “Rota Global”, que oferece consultoria gratuita para a atuação no mercado internacional. Esta é uma oportunidade da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O projeto é executado pela rede Centro Internacional de Negócios (CIN-AM), vinculado à federação.

Mais de 480 empresas de todos os setores industriais, com níveis diferentes de experiência no mercado externo já se inscreveram para participar do programa. Para o gerente do CIN-AM, este número significa um avanço pela busca do comércio internacional. “No nosso Estado já temos 10 empresas inscritas, nossa meta é que até o dia 30 deste mês possamos aumentar este número para 15. Esta é mais uma oportunidade excelente para ganhar experiência, crescimento e especialmente aprender como exportar e disseminar o seu negócio para outros países”, afirma.

O proprietário da empresa Pharmakos da Amazônia, Schubert Pinto, que também já participou de outros programas de incentivos oferecidos pela rede CIN-AM, conta que esta é mais uma oportunidade de conhecimento e qualificação para seus negócios. “Nossa empresa já exporta para outros países, mas ainda nos falta aprender muito. Nosso principal objetivo é obter mais qualificação para atuar no comércio exterior e consequentemente a abertura de novas portas no mercado internacional”, salienta Schubert.

Quem pode participar?

Podem participar micro, pequenas e médias empresas de todos os setores industriais, com ou sem experiência no mercado externo. Inicialmente, o Rota Global estará disponível em 18 estados: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O Projeto

Presente em quase todas as federações estaduais de indústrias, o projeto “Rota Global” está sendo financiado pelo programa AL-Invest, no valor de R$ 1,2 milhão. O AL-Invest é um programa da Comissão Europeia de fomento à competitividade de micro, pequenas e médias empresas da América Latina. A meta da primeira etapa é avaliar a capacidade de atuação internacional de pelo menos 500 indústrias – não há limite de inscritos. Todos os inscritos receberão um relatório que identifica pontos fortes e desafios para a inserção internacional. 

É possível inscrever negócios de todos os setores e estados para receber atendimento, com prioridade para MPMEs. O serviço oferecido apoiará todo o processo de internacionalização e prevê acompanhamento regular das ações para garantir resultados e indicar correções de rota, caso necessário.

Conforme Marcelo, o projeto prepara as empresas para a internacionalização. “Mesmo que essas indústrias não tenham experiência nenhuma com o mercado internacional ou com exportação, terão a oportunidade de receber esta consultoria e desfrutarão de chances reais de inserção no mercado internacional.”, destacou.

A partir do processo de avaliação, o Rota Global selecionará 200 empresas para a próxima fase, que vai até abril de 2018. Neste período, as indústrias receberão consultoria personalizada e gratuita para construir o plano de negócios de apoio à internacionalização ou consolidação da empresa no mercado externo. O objetivo é promover melhorias concretas na operação internacional em pelo menos 100 delas até junho do ano que vem.  

Segundo o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, o programa é uma excelente oportunidade para a indústria brasileira estender a participação no mercado internacional, sobretudo as pequenas e médias empresas. “O Rota Global vai considerar a realidade de cada empresa no desenho de estratégia que dê chances reais de inserção no mercado internacional. Além disso, é uma consultoria especializada gratuita.”, afirma.

Inscrições

As inscrições para participar do Rota Global estão acontecendo exclusivamente pelo site:http://www.portaldaindustria.com.br/rotaglobal/. Os atendimentos das empresas amazonenses serão feitas pelo CIN-AM.

A seleção e a divulgação das empresas participantes serão realizadas conforme calendário: inscrições de 31 de julho a 30 de setembro de 2017; o resultado  sairá em outbro deste ano; o atendimento aos selecionados ocorrerá de outubro de 2017 a abril de 2018; e o monitoramento será a partir de abril de 2018.

Para mais informações procure o Centro Internacional de Negócios na Federação de Indústrias do Estado do Amazonas, através dos telefones: (92) 3631-0907 / (92) 3186-6511 ou através do e-mail [email protected].

(*) Com informações da Assessoria de Comunicação

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS