Crise de oxigênio: governo diz que sistema de saúde de Coari é independente e nega falta de auxílio - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Crise de oxigênio: governo diz que sistema de saúde de Coari é independente e nega falta de auxílio

A pasta de Saúde afirma que mobilizou a estrutura da secretaria e prefeitura de Tefé para atender à demanda por oxigênio em Coari

Crise de oxigênio: governo diz que sistema de saúde de Coari é independente e nega falta de auxílio

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) emitiu nota, nesta terça-feira (19), onde informa que, por opção do município de Coari, o sistema de saúde na cidade é independente, sendo a gestão plena da Prefeitura Municipal. Ainda assim, o Governo do Estado nunca se furtou de auxiliar a administração local, entre outras coisas, com o fornecimento de oxigênio.

Mais cedo, a Prefeitura de Coari (AM) também divulgou nota, onde culpa a SES-AM pela falta de oxigênio e, consequentemente, pela morte de sete pessoas que estavam internadas no Hospital Regional de Coari.

A pasta de Saúde afirma que mobilizou a estrutura da secretaria e prefeitura de município vizinho para atender à demanda por oxigênio em Coari, mas houve falhas desde a entrega pela empresa que fornece o produto até no transporte para o município.

Na segunda-feira (18), por um atraso por parte da empresa White Martins em liberar os cilindros que seriam enviados de Manaus para Coari, não foi possível levar o oxigênio em voo direto, considerando que o aeroporto da cidade não opera à noite.

“Para garantir que a cidade não ficasse desabastecida, por articulação da Secretaria de Estado de Saúde, os 40 cilindros foram enviados em voo para Tefé, para que de lá a carga fosse transportada de lancha para Coari.”, diz um trecho.

A transferência dos cilindros de lancha para Coari foi alinhada com a cooperação da prefeitura de Tefé, mas houve um novo atraso, o que contribuiu também para que a chegada do material não ocorresse no tempo necessário.

Confira tabela:

Rapasses_Interior

 

(*) Com informações da assessoria 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]