MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Internautas questionam Carpê Andrade por silêncio sobre aumento na taxa de iluminação pública

Internautas apontaram que o vereador Carpê não se pronunciou a respeito da questão na sessão de quarta-feira, apenas na semana passada
Edilânea Souza – Portal AM1*
• Publicado em 14 de outubro de 2021 – 10:15
Foto: Robervaldo Rocha / CMM

MANAUS, AM – Sem ter se pronunciado sobre o reajuste na taxa de iluminação pública, o vereador Carpê Andrade foi às redes sociais dizer que votou contra o aumento. Só que o parlamentar não se pronunciou sobre o projeto e nem sobre as emendas votadas nessa quarta-feira (13), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), apenas na semana passada, quando a proposta chegou a ser retirada de pauta para ajustes no texto.

Carpê Andrade disse que votou contra novamente, mas, na hora do anúncio da votação, o nome dele não apareceu no meio dos nomes dos vereadores que, de fato, foram contra as emendas, entre eles:  Amon Mandel (União Brasil); Rodrigo Guedes (PSC); William Alemão (Cidadania); Thaysa Lippy (PP) e Dione Carvalho (Patriota).

“Mais uma vez foi proposto na Câmara Municipal de Manaus, a votação do Projeto de Lei sobre a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação, aumento da Taxa de Iluminação Pública”, escreveu Carpê em suas redes sociais.

Leia mais: Após bate-boca, CMM consegue emendar projeto que aumenta taxa de iluminação

Após a postagem, internautas foram às redes do vereador questionar em que momento Carpê defendeu a não aprovação da proposta, pois ele não apareceu nas transmissões da sessão plenária nessa quarta-feira (13). Mas no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SPAL) consta a presença do parlamentar na data de ontem.

Um dos usuários das redes questionou a presença do parlamentar na sessão: “Estão dizendo que tu nem na sessão estava hoje. Isso confere? Kkkkkkk”.

Outro disse: “Ele não estava na sessão, estava de forma virtual, e está dizendo que votou CONTRA O PARECER! Ele votou contra o parecer na primeira votação sobre esse tema semana passada eu acho, mas hoje o mesmo tema que foi rejeitado na semana passada voltou pra sessão! E ele tá dizendo que votou CONTRA por conta da semana passada. Mas hoje ele não fez nada, assistiu a toda votação e não fez nada! E tá dizendo que votou Contra! O que valia era hoje!”

Carpê garantiu que não é favorável a votação da proposta e muito menos ao reajuste da tarifa para o povo. “Não irei votar a favor de um Projeto que aumenta a contribuição no bolso das famílias, fui contra na primeira vez, sou contra novamente e o que for necessário para derrubar o Projeto contribuirei. A taxa de desemprego no primeiro trimestre de 2021 do Amazonas, de 17,5%, é a sexta maior do país. Onde é que eu votarei a favor de mais impostos? Jamais!!”, disse o parlamentar.

De acordo com a Assessoria de Comunicação, Carpê Andrade esteve em sessão virtual e o voto contrário do parlamentar no projeto será documentado de forma oficial na CMM. Ainda conforme a assessoria, seria contraditório votar a primeira vez contra a proposta e não votar a segunda. Todavia, não foi explicado o motivo de o voto contrário de Carpê não ter sido computado, ontem, de forma virtual.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap