MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Iranduba vai gastar mais de R$ 400 mil em construção de portais

Gestão de Augusto Ferraz vai pagar valor para empresa de Manaus construir dois portais nas entradas do município, em plena crise econômica
Lucas Rodrigues – Portal AM1
• Publicado em 19 de setembro de 2021 – 14:00
Iranduba
Prefeito Augusto Ferraz, de Iranduba. Foto: Reprodução/Facebook

IRANDUBA, AM – Em tempos de pandemia e extrema crise econômica, a Prefeitura de Iranduba vai gastar mais de R$ 400 mil para a construção de dois portais nas entradas do município. O contrato que homologou a licitação foi publicado na semana passada no Diário Oficial dos Municípios.

A empresa contratada para a execução dos serviços foi a E C Engenharia, cuja razão social é E C de Castro Eireli. Inscrita no CNPJ com o número 19.002.576/0001-16, a empresa está sediada na rua Barcelos, nº 66, no bairro Presidente Vargas, na Zona Sul de Manaus.

Ao todo, a prefeitura de Iranduba vai pagar R$ 404.977,63 para a construção dos portais de entrada do município. Segundo o contrato, os portais estarão localizados na Rotatória do Cacau-Pirêra, na confluência com a rodovia estadual AM-070, e na avenida Carlos Braga, que dá acesso à sede do município. O contrato é assinado pelo prefeito do município, Augusto Ferraz (DEM).

Leia mais: Justiça determina interdição da cadeia de Iranduba e transferência de presos

Este não é o primeiro contrato assinado entre a empresa e a prefeitura de Iranduba. Em agosto de 2020, a prefeitura contratou a mesma empresa para obras de infraestrutura, pelo valor de R$ 183.905,56, ainda na gestão de Francisco Gomes da Silva, o “Chico Doido”.

No mesmo ano, mas em 25 de novembro, a empresa foi contratada para os serviços de abertura e pavimentação de ruas, pelo valor de R$ 588.081,66, na modalidade tomada de preços, pelo prazo de 90 dias. Misteriosamente, entretanto, o contrato foi aditivado pela primeira vez em 9 de agosto de 2021, com duração até o dia 6 de novembro de 2021. O valor do aditivo não foi publicado no Diário Oficial dos Municípios.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap