Governo convoca 85 técnicos de enfermagem para reforçar plano da SES-AM - Amazonas1
2 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Governo convoca 85 técnicos de enfermagem para reforçar plano da SES-AM

Os novos convocados serão contratados temporariamente pelo governo, pelo prazo de 30 dias, com possibilidade de renovação em caso de necessidade

Governo convoca 85 técnicos de enfermagem para reforçar plano da SES-AM
Foto: Maurílio Rodrigues/Secom

O governador Wilson Lima assinou, nesta segunda-feira (26/10), durante reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), a convocação de 85 técnicos de enfermagem aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), no mês de abril, como parte das medidas para fortalecer a rede de assistência durante a pandemia.

Os novos convocados serão contratados temporariamente pelo Governo do Estado, pelo prazo de 30 dias, com possibilidade de renovação em caso de necessidade.

Os técnicos de enfermagem atuarão nas unidades de saúde da capital, durante a execução do plano da SES-AM, para potencializar a resolutividade dos atendimentos que mais exercem pressão sobre os prontos-socorros da capital, como problemas ortopédicos, de vias biliares e vasculares.

Ao todo, 20 técnicos serão alocados no HPS 28 de Agosto, 20 no Platão Araújo, 20 no João Lúcio e 25 no Geraldo da Rocha.

O objetivo da ação é abrir leitos de retaguarda para covid-19 nessas unidades, preparando a rede para um possível crescimento no número de hospitalizações, com o início da sazonalidade de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a partir da ocorrência mais frequente de chuvas em Manaus.

O planejamento será detalhado nesta terça-feira (27), às 10h30, em entrevista coletiva, após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, com os poderes e representantes da sociedade civil, na sede do Governo do Amazonas.

(*) Com informações da assessoria

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading