Manaus, 28 de maio de 2024
×
Manaus, 28 de maio de 2024

Cenário

Marcelo Ramos ‘explica’ por que aceitou convite do PT para tentar ser prefeito

Marcelo Ramos negou inúmeras vezes que voltaria à vida pública e, por causa disso, os eleitores cobraram explicações do ex-parlamentar, que recentemente foi convidado pelo PT para ser pré-candidato a prefeito de Manaus.

Marcelo Ramos ‘explica’ por que aceitou convite do PT para tentar ser prefeito

Manaus (AM) – Após negar inúmeras vezes que não queria voltar para a vida pública (política), o ex-deputado federal Marcelo Ramos, que foi convidado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para ser o pré-candidato a prefeito de Manaus, se pronunciou nesta terça-feira (9).

Marcelo usou suas redes sociais para explicar o motivo de ter aceitado o convite, que segundo ele, o principal é que ele não conseguiu “se conter” ao ver que “Manaus não tinha pré-candidatos com propostas para beneficiar a cidade”.

“A primeira questão é que era angustiante assistir ao processo pré-eleitoral da cidade de Manaus com seis candidatos sem que nenhum deles apresentasse um diagnóstico e soluções efetivas para os problemas da cidade. Os problemas de uma cidade como Manaus não se resolve com memes na internet, não se resolve com palavras fiadas, com palavras jogadas ao vento. Não se resolve com conchavos políticos para atender aos interesses eleitorais de uma liderança ou de um partido”, afirma.

O ex-vice-presidente da Câmara dos Deputados diz, em seu pronunciamento, que ele e sua equipe farão um estudo para resolver esses problemas complexos existentes na capital do Amazonas, caso seja eleito.

Além disso, o ex-parlamentar ressalta que ter sido convidado por Lula para ser o pré-candidato do PT tem grande relevância. “Eu não podia negar um chamado do maior líder político, daquele que eu admiro, daquele que eu respeito. Por isso, eu sou pré-candidato do PT a prefeito de Manaus”, finaliza.

 

LEIA MAIS: