‘Março Lilás’: ações reforçam prevenção para saúde da mulher - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

‘Março Lilás’: ações reforçam prevenção para saúde da mulher

A partir de segunda-feira (8), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) terá programação enfatizando o autocuidado feminino

‘Março Lilás’: ações reforçam prevenção para saúde da mulher
Foto: reprodução

A partir de segunda-feira (8), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoverá live, vídeo, inserção de cards e postagens nas redes sociais enfatizando o autocuidado feminino.

A ação faz parte dos trabalhos da Prefeitura de Manaus, que  investe na educação em saúde para sensibilizar a população sobre as formas de prevenção ao câncer de colo de útero, fortalecendo o movimento nacional do “Março Lilás”.

Com aproximadamente 570 mil casos novos por ano no mundo, o câncer cervical  é o quarto mais comum entre as mulheres, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), de 2019.

O prefeito Davi Almeida acentua a importância do trabalho preventivo no enfrentamento à doença que, na região Norte do Brasil, interrompe a vida de muitas mulheres. “Estamos investindo na educação em saúde porque acreditamos que, ao ser bem orientada, a população como um todo colabora para a prevenção e contribui para que diagnóstico seja feito rapidamente, evitando a morte de tantas mulheres”, frisou.

Na segunda, a médica Jael Graça Bohadana, especialista em ginecologia e obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e em colposcopia (exame que investiga sinais de doenças e inflamações) pela Sociedade Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia (SBPTGIC), que atende na Unidade Básica de Saúde (UBS) Gebes Medeiros, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, realiza a live “Conversa sobre a saúde da mulher”.

A transmissão inicia às 15h e será veiculada nas redes sociais e plataformas de divulgação da secretaria (Instagram, Facebook e YouTube).

O público será estimulado a participar para esclarecer dúvidas, pedir orientações e conhecer mais sobre os sintomas e o tratamento dessa forma de câncer.

Linguagem acessível

Jael Graça Bohadana adianta que na live, que será transmitida do auditório Deodato de Miranda Leão, da Semsa, localizado na avenida Maceió, em Adrianópolis, na zona Centro-Sul, a participação do público será fundamental. “Nossa proposta é esclarecer todas as dúvidas e orientar as pessoas sobre os cuidados necessários para evitar o câncer de colo de útero. Vamos abordar o tema com uma linguagem simples, objetiva e de fácil compreensão. Será uma conversa bem proveitosa”, adiantou.

Alerta

Seguindo as orientações para prevenção da disseminação da Covid-19 preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a Semsa está divulgando as informações sobre o tema pelas suas redes sociais, plataformas de vídeos e outros canais de comunicação, para evitar aglomerações.

O objetivo é alertar, sobretudo, as mulheres na faixa etária entre 25 anos a 64 anos de idade, que estão entre as que mais apresentam as chamadas lesões de alto grau. Quando detectadas de forma precoce, por meio do exame Papanicolau, essas lesões podem ser tratadas impedindo a evolução para um quadro mais grave.

Endereços das Redes Sociais para acompanhar a live:

YouTube – https://www.youtube.com/channel/UCytB5yBiaeBWtDqfQ6-rmVA

Facebook – https://m.facebook.com/semsamanaus

Instagram – @semsamanaus

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]