MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Mês de maio começa com 2.278 mortes por coronavírus

Dados sobre as mortes por coronavírus neste 1° de maio foram divulgados na noite deste sábado; ao todo, 47 milhões de doses de vacina já foram aplicadas
• Publicado em 01 de maio de 2021 – 20:17
Amazonas tem 177 novos casos e duas mortes por covid em 24 horas, diz FVS
Foto: Márcio Silva / Portal Amazonas1

SÃO PAULO, SP – No primeiro dia de maio, o Brasil alcançou a marca de 2.278 mortes por coronavírus em 24 horas. Desde o início da pandemia, a doença já matou 406.565 brasileiros.

A média móvel de mortes se manteve no elevado valor de 2.422 óbitos por dia. Desta forma, o país chegou a 46 dias com a média acima de 2.000 e a 101 dias com o dado acima de 1.000.

A média móvel é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. O dado é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e divisão do resultado por sete.

Leia mais: Mais 530 casos de Covid são registrados no Amazonas

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1. O consórcio reúne e divulga os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

Neste sábado (1), nove estados e o Distrito Federal deixaram de atualizar as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19. Já foram aplicadas no total 47.635.059 doses de vacina (31.812.086 da primeira dose e 15.822.973 da segunda). As informações foram disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro. O governo ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

(*) Com informações da Folhapress.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap