Modelo precisou fazer terapia para tratar obsessão por sexo: ‘não vivo sem’

A capa da Revista Sexy revelou que chegou a parar de trabalhar e de fazer coisas do dia-a-dia por causa da necessidade de fazer sexo
Da Redação – Portal AM1
Publicado em 01/06/2022 12:10
Foto: Reprodução / Instagram (Jeferson Gomes / Divulgação)

São Paulo – Você já teve algum vício que precisou buscar ajuda para tratar? É por isso que a sergipana Natacha Momsen, de 24 anos, está passando. A capa da edição da revista Sexy precisou fazer sessões de terapia para tratar a obsessão por sexo.

A sergipana abriu o coração e falou sobre o problema que enfrentou, e revelou que chegou a parar de trabalhar e de fazer coisas do dia-a-dia por causa da necessidade de fazer sexo.

“Percebi que era um vício quando deixei de trabalhar e fazer coisas do dia a dia por sexo. Estou lidando com isso. Sempre achei que era normal ter essa vontade sempre, mas depois notei que estava me fazendo mal. Só pensava em sexo, em relacionamento. Era uma loucura”, explicou.

Leia mais: Joelma aparece com rosto inchado por causa da Covid e fãs reclamam dos memes: ‘respeitem’

Depois de algumas sessões, Natacha disse que o problema está sob controle, mas que antes chegou a “namorar sem gostar” só por conta do sexo. “Já terminei o namoro porque a química na hora H era péssima. Fazia muitas loucuras, transava em lugares exóticos e só pensava nisso. Hoje estou mais focada na minha carreira”, garantiu.

A modelo ainda revelou que não vive sem sexo, mas que agora a obsessão está mais controlada. “Para mim foi super tranquilo tirar a roupa no ensaio, não tenho vergonha do meu corpo ou pudor. Recentemente me descobri ninfomaníaca, hoje estou mais controlada, mas não vivo sem sexo”, completou.

(*) Com informações do Cenapop

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS