Motorista flagrado sem o exame toxicológico em dia será multado em R$ 1,4 mil - Amazonas1
15 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Motorista flagrado sem o exame toxicológico em dia será multado em R$ 1,4 mil

A penalidade aos motoristas sem os Exames Toxicológicos chega a uma multa de R$1,467,35, e ficará suspenso de dirigir por 3 meses

Motorista flagrado sem o exame toxicológico em dia será multado em R$ 1,4 mil
Paralisação dos caminhoneiros na Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

MANAUS, AM – As novas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) alteram também as normas para o teste que detecta o contato do motorista com substâncias psicoativas, através da análise de cabelo, pelo ou unhaAntes de iniciar o processo de renovação da carteira de habilitação, entre as categorias altas C, D e E, é necessário que o condutor com até 70 anos faça os exames toxicológicos. As mudanças começaram a valer no dia 12 de abril deste ano.

A exigência para a realização do exame toxicológico periódico já estava prevista no CTB desde 2015, no entanto, ela não enquadrava como infração de trânsito o seu descumprimento. A proposta inicial do presidente Jair Bolsonaro era extinguir a obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas profissionais.

Agora, a Lei prevê duas formas de autuação para quem não realizar o teste periódico. Segundo Wendell Menezes, gerente da Controladoria Regional de Trânsito do Detran- AM, os exames toxicológicos são diagnósticos para identificar se o condutor está consumindo drogas.

Esse exame é realizado em um espaço de tempo entre 2 anos a 2 anos e meio. O especialista diz que, dentre as drogas geralmente encontradas estão a maconha, a cocaína, a anfetaminas, metanfetaminas e ecstasy.

O que mudou no CTB?

As mudanças foram incluídas no Artigo 165-B, que prevê duas formas de autuação:

1) Conduzir veículo para o qual seja exigida habilitação nas categorias C, D ou E sem realizar o exame toxicológico, após 30 dias do vencimento do prazo estabelecido. Será aplicada ao condutor flagrado dirigindo ônibus, caminhões, veículos articulados etc. com toxicológico expirado. Não se aplica, portanto, a quem estiver conduzindo carro ou moto, por exemplo.

2) Não comprovar, na ocasião da renovação da CNH, a realização de exame toxicológico periódico exigido. Aplicável ao condutor habilitado nas categorias C, D ou E e que possui no documento a observação “EAR – exerce atividade remunerada” ao veículo. Não requer abordagem, gerando autuação automática, via sistema.

Como são feitos os Exames Toxicológicos? 

Para detecção de alguma substância de droga no sangue do individuo é necessário a retirada de alguma amostra de cabelo  ou fios corporais, ou seja, é feita a retirada dos pelos das pernas, axilas entre outros. A análise também pode ser feita por meio de exame de sangue ou de urina.

Preparação para o exame 

O candidato não precisa se preparar previamente para realização do exame, o único pré-requisito exigido é o cabelo estar úmido na hora do exame.

Leia mais: Carteira de habilitação terá validade de até 10 anos com novas regras do Código de Trânsito

Penalidades

Acrescentando, Wendell destacou que a penalidade ao motorista chega a uma multa de R$1,467,35. O condutor também ficará suspenso de dirigir pelo período de 3 meses. Além disso, o motorista só poderá exercer a sua habilitação após o exame toxicológico dar negativo.

Em casos de infrações mais graves, como acidentes, o condutor deverá passar por nova avaliação psicológica. A punição ficou mais dura para quem ingerir álcool ou usar drogas e for responsável por acidente grave. Não será mais possível trocar a prisão por outras penas alternativas

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]