Amazonino Mendes é citado em 11 processos no sistema do TJAM - Amazonas1
20 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Amazonino Mendes é citado em 11 processos no sistema do TJAM

Pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Amazonino Mendes fez circular nota, na qual se diz inocente 'em processos na Justiça citados por adversários'

Amazonino Mendes é citado em 11 processos no sistema do TJAM
Foto: Márcio Silva - Portal Amazonas1

O pré-candidato a prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), disparou nota por meio de sua assessoria de imprensa, para se esquivar das acusações de campanha de que responde a processos junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). “É natural que tenha, nesse tempo de gestão, enfrentado adversários que tentaram de toda forma envolver meu nome a escândalos, sem sucesso”, afirma Amazonino no texto.

Leia mais: #OPaiTáOn: Amazonino aposta em meme para turbinar campanha eleitoral

“Levantamento realizado no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) mostra que, mesmo após 40 anos de vida pública, o ex-governador do Amazonas, advogado Amazonino Mendes (Podemos), não deve nada ao Poder Judiciário do Estado”, declara a publicação.

 

Amazonino foi quatro vezes governador do Amazonas, três vezes prefeito de Manaus e uma vez senador, e é citado em em 11 processos no site do TJ-AM. “Amazonino é reconhecido como o maior realizador de projetos sociais e de infraestrutura de Manaus e do Estado”, diz a nota.

Leia mais: David e Amazonino podem ter escolhido marqueteiros para coordenar campanhas

“É natural que tenha, nesse tempo de gestão, enfrentado adversários que tentaram de toda forma envolver meu nome a escândalos, sem sucesso, assim como pessoas que se sentiram atingidas por medidas tomadas nas minhas administrações. Sigo com a consciência tranquila e faço questão de deixar público todos os processos em que sou citado”, afirma Amazonino Mendes.

 

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading