US - R$ 4,11

×

Pedido de liberdade de Moustafá é negado novamente pela Justiça

Decisão é com base na "inexistência de motivos que ensejem a revogação da medida cautelar"

Moustafa perdeu 60 quilos nos últimos meses, na prisão (Foto: Reprodução)

Um novo pedido de liberdade do médico e empresário Mouhamad Moustafá, preso na Operação Maus Caminhos, suspeito de ser líder de uma organização criminosa que desviou recursos milionários da Saúde do Amazonas, foi negado pela juíza Ana Paula Serizawa, da 4ª Vara Criminal da Justiça Federal do Amazonas.

Conforme a magistrada, a decisão é com base na “inexistência de motivos que ensejem a revogação da medida cautelar”. A informação foi publicada nesta terça-feira, 17, no Diário Oficial da Justiça Federal. Além de Moustafá, Ana Paula Serizawa negou, também, o pedido de liberdade ao empresário Gilberto de Souza Aguiar. 

O processo é relativo a uma ação em que Moustafá, Gilberto e mais quatro réus, o advogado Lino Chíxaro, e os empresários Jader Helker e Marco Antônio Barbosa, foram denunciados por dificultarem as investigações da Operação Cashback, a quarta fase da Maus Caminhos.

A continuação da audiência de instrução, ocasião em que serão interrogados os réus, está marcada para o dia 25 deste mês, às 9h.

Confira a publicação:

 

Faça um comentário