Manaus, 19 de julho de 2024
×
Manaus, 19 de julho de 2024

Cidades

Passagens de ônibus ‘amarelinhos’ e ‘executivos’ também terão reajustes

O reajuste ocorre após os rodoviários ameaçarem paralisar 70% da frota de ônibus na última quarta-feira (17).

Passagens de ônibus ‘amarelinhos’ e ‘executivos’ também terão reajustes

(Foto: IMMU/Divulgação)

Manaus (AM) – Os preços das passagens dos ônibus alternativos também terão reajuste neste domingo (21), conforme o Decreto 5.581, assinado pelo prefeito David Almeida (Avante) nessa sexta-feira (19) e anunciado no mesmo dia. Aproximadamente 520 mil passageiros utilizam o transporte coletivo diariamente na capital amazonense.

Pelo documento, a passagem dos ônibus do transporte urbano “Executivo” terá reajuste de 19% e passará a custar R$ 5. Atualmente a tarifa é de R$ 4,20. Já os chamados “amarelinhos” terão a mesma tarifa dos ônibus convencionais, nos quais a tarifa passa de R$ 3,80 para R$ 4,50.

O reajuste ocorre após os rodoviários ameaçarem paralisar 70% da frota de ônibus na última quarta-feira (17). A greve não chegou a acontecer devido a negociações entre a Prefeitura de Manaus, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM). A categoria cobrava o reajuste salarial de 12%.

David Almeida disse que a prefeitura ainda continuará a subsidiar a tarifa com R$ 3,02 por passagem, o que totaliza R$ 400 milhões por ano.

Uma análise de fatores diversos demonstraram o aumento dos custos operacionais, que vinham se acumulando de fevereiro de 2017 a abril de 2023, segundo a prefeitura: combustível (40%), peças e acessórios (70%), salário de operadores (24,66%), o preço litro do óleo diesel (91,96%).

LEIA MAIS: