Investigador de polícia está em hospital para verificar saúde de Alejandro Valeiko

US - R$ 4,16

×

Investigador de polícia está em hospital para verificar saúde de Alejandro Valeiko

A intenção é transferir Alejandro Valeiko para o CDPM1, localizado no quilômetro 8 da BR-174, ainda nesta sexta-feira, 06.

(Josemar Antunes/Amazonas1)

Um investigador da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), informou ao Amazonas1, por volta das 15h desta sexta-feira, 06,  que está no hospital para averiguar o estado de saúde de Alejandro Valeiko, apontado como um dos envolvidos no homicídio do engenheiro da Ambev, Flávio Rodrigues, 42. A intenção é transferir o filho da primeira-dama ainda hoje para o Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM1), no quilômetro 8 da BR-174.

Na manhã desta sexta, Valeiko foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular, no Centro de Manaus, com suspeita de rabdomiólise, uma degradação do tecido muscular que libera uma proteína prejudicial no sangue.

Essa ruptura do tecido muscular resulta na liberação de uma proteína (mioglobina) no sangue, que pode danificar os rins. O tratamento é feito com auxílio médico.

Veja também:

Juíza determina que Alejandro fique em cela isolada e com atendimento psicológico

Especula-se que Alejandro Valeiko deva sair por outro acesso do hospital. Ele ainda não recebeu visitas de familiares, pois o hospital só libera a presença de visitantes de 16h às 17h. Nesta sexta, 06, ele já foi submetido a uma tomografia pela manhã e encontra-se no leito 8 do 4° andar.

Três policiais civis, sendo uma mulher, fazem a escolta de Alejandro. Uma psicóloga e uma psiquiatra já estiveram presentes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) fazendo o acompanhamento dele.

Ofício deve chegar a qualquer momento no hospital

Segundo informações apuradas pelo Amazonas1, por volta de 15h45 de hoje, o investigador da PC seguiu para o 19º DIP para pegar o ofício liberado pelo delegado Guilherme Torres, titular da unidade policial, com o mandado de segurança para que a equipe médica libere Alejandro e que, ainda nesta sexta, ele seja encaminhado para o CDPM1.

 

(*) Com colaboração do repórter Josemar Antunes – Amazonas1

Faça um comentário