Motoboy é vítima de latrocínio na comunidade Grande Vitória

US - R$ 4,38

×

Motoboy é vítima de latrocínio na comunidade Grande Vitória

Câmeras de segurança próximas ao local do crime devem ajudar a polícia na identificação dos assassinos.

Naenderson Rabele da Silva Lima, 21, foi morto com três tiros e teve a moto roubado pelos criminosos (Foto: Josemar Antunes/Amazonas1)

O motoboy Naenderson Rabele da Silva Lima, 21, foi assassinado com três tiros na madrugada deste domingo, 26, após sair de uma casa noturna na comunidade Grande Vitória, no bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste de Manaus. Na ação criminosa, a motocicleta da vítima foi levada pelos criminosos.

O crime ocorreu por volta das 3h na rua Iraque, em frente da casa de festas Bico Doce. Naenderson estava caminhando em direção da motocicleta dele, modelo Yamaha/Lander XTZ250, de cor preta, e de placa NUL-3949, quando foi abordado por homens em um carro Ford/Fiesta, de cor vermelha, de placa desconhecida.

Na ocasião, Naenderson iniciou uma discussão com um dos ocupantes e travou luta corporal. Outro homem que estava no banco de trás do veículo desceu e efetuou sete tiros contra Naenderson, que morreu no local antes da chegada de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Os criminosos fugiram em seguida e um deles levou a moto da vítima. Câmeras de segurança próximas da casa de show devem ajudar a polícia na identificação dos assassinos. A Polícia Militar, por meio da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), ainda fez buscas pelos criminosos, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Conforme informações da perícia criminal, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a vítima foi atingida com três tiros, sendo um no maxilar, um na testa e um no tórax. Com a vítima, ainda foi encontrado um cigarro de maconha e um celular, aparelho móvel que será analisado pela polícia.

Os familiares e amigos estiveram no local. O irmão da vítima, Nemerson Alves da Silva, 29, declarou ao Amazonas1 que desconhece o motivo do crime. A vítima era natural de Monte Alegre (PA).

“O meu irmão já estava saindo da casa noturna e, ao se aproximar da moto dele, foi surpreendido por criminosos. Testemunhas contaram que Naenderson reagiu para não entregar a moto e por esta razão foi morto”, disse.

Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) coletou informações em torno do assassinato. A princípio, o crime é tratado como latrocínio (roubo seguido de morte), mas outras linhas de investigação como passional, tráfico de drogas ou rixa não estão descartados.

O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Faça um comentário