'Pinguim' é encontrado morto com ferimentos de arma de fogo

US - R$ 4,13

×

‘Pinguim’ é encontrado morto com ferimentos de arma de fogo

Eden Felipe Oliveira de Paula, de 29 anos, era ex-presidiário e teria matado o pai de um traficante da região, em fevereiro deste ano

Ex-presidiário foi encontrado morto nesta terça-feira, 19 (Foto: Amazonas1/Divulgação)

O ex-presidiário Eden Felipe Oliveira de Paula, de 29 anos, vulgo “Pinguim”, foi encontrado morto com ferimentos de arma de fogo, na manhã desta terça-feira, 19, na AM-240, no quilômetro 22 do distrito de Balbina, no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

Segundo informações da polícia, Eden foi jogado na escadaria do sítio Santa Fé. Os moradores da área relataram que ouviram tiros, por volta de 0h30, mas não presenciaram nenhum suspeito.

Para a polícia, Eden foi sequestrado e morto no local. Há um mês, o ex-presidiário deixou a carceragem da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo, onde estava preso respondendo a processos de homicídio e lesão corporal. Conforme as investigações da Polícia Civil, Eden invadiu, com ajuda de dois comparsas, uma residência do suposto traficante, conhecido como “Wendell”.

Como não encontraram o alvo, os três pistoleiros mataram com vários tiros o pai de Wendell, identificado como Cláudio Dias da Mota. Em ato contínuo, Osmarina Souza e Francisca Dias, ficaram gravemente feridas. A irmã do alvo conseguiu escapar ilesa do atentado.

Respectivamente, mãe e avó de Wendell foram transferidas para um hospital de Manaus. Os crimes ocorreram no dia 19 de fevereiro deste ano na comunidade Maroaga, localizada no quilômetro 7 da AM-240, em Presidente Figueiredo.

As primeiras investigações em torno dos crimes já apontavam que Wendell estava envolvido com a venda de entorpecentes na região. Ele teria sido alertado dias antes por membros de outro grupo rival que ele não poderia comercializar drogas no local.

A violação da ordem dos “chefões do tráfico” foi o motivo do atentado que deixou os moradores abalados com a tragédia. O assassinato de Eden será investigado pela 37ª DIP de Presidente Figueiredo.

Faça um comentário