Suspeito de esmagar cabeça da companheira é procurado pela polícia

US - R$ 5,26

×

Suspeito de esmagar cabeça da companheira é procurado pela polícia

A jovem de 18 anos foi encontrada morta na manhã deste domingo, 16, dentro do quarto de um hotel no Centro. Companheiro é o principal suspeito do crime.

(Divulgação)

Um homem, identificado apenas como “Sapinho”, está sendo procurado pela polícia como principal suspeito de assassinar a própria companheira dele, Eline Monique de Melo Oliveira, 18. A jovem foi encontrada morta na manhã deste domingo, 16, dentro de um quarto do Sun Hotel, na rua Lima Bacuri, no bairro Centro, na zona Sul de Manaus.

Leia mais em: Vídeo mostra últimos momentos de jovem que teve crânio esmagado

Segundo informações da polícia, o casal estava hospedado desde quinta-feira, 13, no hotel onde pagou a quantia de R$ 210 pelo período de três dias, com diária correspondente ao valor de R$ 70. Imagens de uma câmera de vigilância que circulam nas redes sociais mostram o casal em outro hotel da cidade à procura de vaga.

“Sapinho”

Por volta das 7h51 deste domingo, “Sapinho” comunica a morte da companheira na recepção do hotel e encena ato de desespero. Ele chega a chorar para a recepcionista alegando que Eline Monique havia cometido suicídio dentro do quarto de número 406, situado no 3º andar da edificação.

Em seguida, o suspeito informa que irá buscar ajuda e não retorna mais ao hotel. Eline Monique foi encontrada com uma rachadura na cabeça, que provocaram exposição da massa encefálica. O objeto usado no crime não foi encontrado pela polícia.

Veja também: Motociclista morre ao colidir com ônibus no Terminal 2

A polícia acredita que o suspeito tenha fugido do local com o auxílio de um mototaxista. Imagens do circuito de segurança fixadas em imóveis nas proximidades do hotel onde ocorreu o crime já foram solicitadas e devem ajudar na localização de “Sapinho”.

Ainda segundo a polícia, “Sapinho” é traficante de drogas e integrante de uma facção criminosa que atua na zona Sul da capital. Ele teria se hospedado no hotel com Eline Monique para fazer a venda dos entorpecentes. No local, a polícia encontrou embalagens plásticas para armazenar drogas.

Crime

Os familiares da vítima foram ouvidos na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Em depoimento, eles confirmaram que o homem procurado era companheiro da jovem, mas, não souberam informar a identidade do suspeito do crime.

O motivo do crime ainda é desconhecido pela polícia. Entretanto, a especializada trata o caso a princípio como passional, mas não descarta o crime de acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas.

A DEHS informou que delações podem ser feitas  por meio do número 181, disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) e também ao número (92) 99229-6208. A identidade do denunciante será preservada.

Faça um comentário