Alemanha nega declarações de Salles sobre o Fundo Amazônia

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

13 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Alemanha nega declarações de Salles sobre o Fundo Amazônia

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que a Alemanha já havia concordado com o formato do novo Fundo Amazônia

Alemanha nega declarações de Salles sobre o Fundo Amazônia

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou recentemente que o restabelecimento do Fundo Amazônia estava já na fase final. À Folha de S.Paulo, Salles disse, na Conferência do Clima da ONU (COP-25), em Madri, que o Fundo Amazônia deve continuar e que “está tendo um entendimento com os países”. Para o jornal O Globo, o ministro afirmou que a Alemanha já havia concordado com o formato do novo fundo.

A Alemanha, porém, negou as afirmações e qualquer proximidade de resolução do tema nesta sexta-feira, 06.

Em entrevista à revista Veja em 29 de novembro, Salles minimizou os recordes de desmatamento e queimadas no governo Bolsonaro e disse: “Essa semana já estamos na fase final da troca de minutas e documentos para o restabelecimento do fluxo de recursos para o Fundo Amazônia. Quer seja da Alemanha ou da Noruega, e outros países que eventualmente queiram participar. Mas em novos padrões”.

“Entregamos uma minuta aos doadores, que estão estudando a proposta. A Alemanha já topou. Falta a Noruega”, disse Salles, essa semana, ao jornal O Globo. 

A Embaixada da Alemanha diz ter recebido com espanto as declarações de Salles sobre o Fundo Amazônia. “A Embaixada recebeu no início dessa semana, uma proposta formal do BNDES para reformular o Fundo Amazônia, autorizada, segundo o BNDES, pelo Ministro Salles. Esta proposta está em avaliação e a Alemanha não comentou o assunto até o momento com o lado brasileiro”, diz a embaixada, em nota.

 

(*) Com informações da Folha Press

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading