Mourão diz 'ter quase certeza' de que gente do governo conspira contra ele - Amazonas1
1 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Mourão diz ‘ter quase certeza’ de que gente do governo conspira contra ele

Mourão disse não saber quem seria a pessoa que estaria agindo contra ele dentro do governo

Mourão diz ‘ter quase certeza’ de que gente do governo conspira contra ele
Foto de reprodução

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) diz “ter quase certeza” de que há gente de confiança do presidente que conspira contra ele. O general também comentou, em entrevista à revista Veja, sobre as acusações de que ele próprio conspiraria contra Bolsonaro.

“Eu preferi adotar a linha de ação de deixar o assunto rolar. O tempo é senhor da razão. Pouco a pouco, esses ataques diminuíram, cessaram e o barco seguiu. Nunca fui de encarar o presidente para apontar que fulano disse isso ou aquilo e questioná-lo por não ter rebatido”, disse.

Mourão disse não saber quem seria a pessoa que estaria agindo contra ele dentro do governo. “É como diria o grande filósofo Ibrahim Sued: ‘Os cães ladram e a caravana passa’, meu amigo. Vamos seguir com essa caravana”, apontou.

O general também respondeu sobre as discordâncias que têm com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre temas importantes.

“Eu acho que a discordância não pode ser pública. Muitas vezes, as polêmicas ocorreram porque falei algo sem saber o que ele estava pensando sobre o assunto. A partir do momento em que sei o que ele pensa, fico em silêncio, mesmo que discorde. Isso é uma questão de disciplina intelectual.”

 

(*) Com informações do site Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading